Opinião - "A Casa Misteriosa" de Marzia Bisognin | Quinta Essência

17:54


mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
A Casa Misteriosa, chega-nos através da Quinta Essência, como sendo um livro num ambiente rarefeito, perturbador e emocionante que jura mesmo que nos irá manter colados até à última linha, a juntar a isto, adicionamos à formula a sua criadora – a Youtuber Italiana mais famosa do mundo. 

Amethiyst é a rapariga que aparece misteriosamente diante de uma casa Neoclássica de sonho, e que após esperar ao seu portão, acaba por ser convidada pelos donos a entrar que a recebem e lhe indicam que passe lá a noite, devido ao meu tempo que se forma no exterior. 
Amethyst aceita, mas para sua surpresa no dia seguinte não vê os donos e por considerar ser algo que deve fazer, fica pela casa para agradecer a amabilidade dos donos até ao regresso dos mesmos. A sua estadia na casa, acaba por ser de 31 dias, e a cada dia vamos acompanhando as estranhas e misteriosas situações com que se vai deparando. Com o tempo, Amethyst acaba por conhecer Alfred, o jardineiro da casa que tão bem trata dos jardins envolventes da propriedade, e o jovem vizinho Avery, que acaba por representar algo mais para ela do que apenas um vizinho.

Comprei o livro pelo título, capa e sinopse. Empolgado inicio  aminha leitura, e a nível de organização o livro está engraçado, dividido por dias, ou seja, descobrimos que estamos no mês de outubro quase no final do livro, portanto temos 31 dias, que são no fundo 31 capítulos. Espaçamentos e tamanho de letra, muito bons, até aqui tudo bem. 
“Dia 1” do livro, leitura e capítulo, após 3 parágrafos vi logo que algo não ia bater certo, pois a capa não me transmitia em nada o que a casa que vendia, jardins idem aspas, enfim… nada faz o match, ou seja, o meu cérebro formatou-se para uma casa sombria tal e qual a capa, mas ela não é assim. Pelo menos eu nas descrições não a vejo assim, não é nenhum estilo neoclássico, não tem a frente imponente grega como a autora a descreve, não existe alpendre, não existem pedras a formar caminho desde a rua até o alpendre, não é branca, enfim, a foto da capa nem para a arrecadação se enquadra. Continuo eu a com a ideia em mente de “Paulo, ignora lá isso. Capa é capa, o que importa é que está dentro e ponto final.”. Chego então num ápice ao final do “Dia 4”, começo a odiar a escrita, tal como se esta fosse de inergume para inergume. Volta a minha consciência e diz-me “lê lá isso, foi para isso que o compraste” ora vamos lá até ao fim e chega.

História sem conteúdo na maior parte das vezes, personagens sem interesse algum cheias de mistério mas sem nada para nos dar, não se cria empática com nada nem ninguém (vá eu criei com o sofá e o frigorífico).
A nível editorial, não esperava tal coisa da Quinta Essência, uma revisão editorial má (o livro já era mau mas faltar letras e palavras, tornou-o ainda pior).

Marzia, sendo uma “guru” youtuber assim tão… sei lá eu como, esperava que essa cabecinha deitasse cá para fora algo melhor já que há imensa criatividade por aí… mas não. Toda a gente sabe que as pessoas dormem, acordam, comem, vivem, e morrem. Mataste o livro ao denunciar a capa do jornal nos inícios, foi dada demasiada informação inútil pelo livro fora. Se existem espectros, que não agarram matéria física num segundo, no segundo seguinte não o vão conseguir fazer e depois voltam a não conseguir, ok? 
Se a ideia era tornar o livro algo de sobrenatural, perturbador,  e ao mesmo tempo romântico, esquece este livro foi um desastre e a única coisa de perturbador foi ver que escreveste algo tão péssimo.
Fica a dica, se algum dia tiveres a sorte de ler e perceber o que escrevi – mantém longe qualquer ideia relacionada com escrever o que quer que seja vai comer umas gomas, se não passar, dedica-te apenas aos vídeos, a viajar e a publicar coisas dessas ridículas como o vídeo sobre Lisboa que fizeste há semanas.


P.S.: Isto é pura e simplesmente a minha opinião sobre este livro, certamente alguém o vai amar, adorar, gostar ou mesmo detestar e odiar. 
Não se deixem influenciar por mim LOL

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter