Relógio D'Água | "Relatório Minoritário" de Philip K. Dick

10:00

P.V.P.: 15,30 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 400


Sobre a obra:
Em Washington D.C. decorre o ano de 2054 e o crime foi eliminado. O futuro é previsto e os culpados penalizados antes mesmo dos crimes serem cometidos.
Numa unidade da elite do Departamento da Justiça denominada Pré-Crime (Precrime), todas as provas para condenar criminosos são visionadas por Pre-Cogs, três seres psíquicos cujas previsões nunca falharam. Trata-se da força policial mais avançada da nação e ninguém trabalha mais para a Pré-Crime do que o seu cérebro, o comissário John Anderton (interpretado por Tom Cruise na adaptação cinematográfica). Devastado por uma perda trágica, Anderton dedica-se de corpo e alma a um sistema totalmente inovador que poderá poupar milhares de pessoas de uma tragédia semelhante à que ele viveu – o desaparecimento do filho. Anderton está plenamente convencido que a Pré-Crime funciona, até se tornar, ele próprio, o principal suspeito – o sistema indica que John Anderton irá assassinar um desconhecido em menos de 36 horas. Uma leitura imperdível.


Sobre autor:
Philip K. Dick nasceu em Chicago, em 1928, e viveu grande parte da sua vida na Califórnia. Após frequentar a Universidade da Califórnia, da qual desistiu, deu início à sua carreira profissional como escritor de numerosos romances, ensaios e colectâneas de contos, todos no género da ficção científica. Em 1963, venceu o prémio Hugo por O Homem do Castelo Alto, ao que se seguiram outras obras, prémios e adaptações cinematográficas. É actualmente considerado um dos mais influentes escritores da segunda metade do século XX, tendo as suas ideias visionárias causado grande impacto na cultura contemporânea. Morreu em 1982, em Santa Ana, Califórnia.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook