Gradiva | "Sinal de Vida" de José Rodrigues dos Santos

20:30

P.V.P.: 20,52 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 656


Sobre a obra:
Seth Dyson trocou um olhar com Bozóki Emese e com o cardeal Panunzio, como se quisesse saber quem daria a notícia ao académico português. Foi o secretário de Estado da Santa Sé, afinando a voz, que assumiu a responsabilidade.
“Sabe, professor Noronha, esta reunião foi convocada porque recebemos um sinal.” “Um sinal?”
Um sorriso nervoso formou-se por momentos nos lábios do número dois do Vaticano, como se ele próprio ainda tivesse dificuldade em acreditar no que se preparava para anunciar.
“O ET contactou-nos.”



Um observatório astronómico capta uma estranha emissão vinda do espaço na frequência dos 1,42 megahertz. Um sinal de vida. O governo americano e a ONU são imediatamente informados.

Um objeto dirige-se à Terra. 

A NASA prepara com urgência uma missão espacial internacional para ir ao encontro da nave desconhecida. Tomás Noronha, o maior criptanalista do mundo, é recrutado para a equipa de astronautas. 

Começa assim a mais invulgar aventura do grande herói das letras portuguesas modernas, uma história de cortar a respiração que nos leva ao coração do maior mistério do universo. Será a vida um acidente ou resultará de um desígnio? Estaremos sós ou seremos um entre milhões de mundos habitados? 

A existência é um acaso ou tem um propósito? 

Sinal de Vida traz-nos José Rodrigues dos Santos, o escritor favorito dos portugueses, no apogeu das suas extraordinárias capacidades narrativas. Um romance empolgante que, pelo fio de uma intriga intensa e absorvente, nos interpela sobre a vida, o seu objetivo e o nosso lugar no universo.

Sobre autor:
José Rodrigues dos Santos nasceu em 1964 em Moçambique. É sobretudo conhecido pelo seu trabalho como jornalista, carreira que abraçou em 1981, na Rádio Macau. Trabalhou na BBC, em Londres, de 1987 a 1990, e seguiu para a RTP, onde começou a apresentar o 24 horas. Em 1991 passou para a apresentação do Telejornal e tornou-se colaborador permanente da CNN entre 1993 e 2002. 
Doutorado em Ciências da Comunicação, é professor da Universidade Nova de Lisboa e jornalista da RTP, tendo ocupado por duas vezes o cargo de Diretor de Informação da televisão pública. É um dos mais premiados jornalistas portugueses, galardoado com dois prémios do Clube Português de Imprensa e três da CNN, entre outros.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook