"Caminho Português de Santiago" de Jorge Vassallo e Carlos Carneiro

julho 31, 2010


Autor: Jorge Vassallo e Carlos Carneiro
P.V.P.: 14,90 €
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-20-3990-1
Nº de Páginas: 176+24
Dimensões: 120 x 190 mm
Colecção: Guias do mundo
Editora: Livros d'Hoje

Sobre o guia:
Em mais um ano Jacobeu, este é um guia essencial para todos quantos querem fazer essa viagem profundamente interior que é chegar a Santiago de Compostela.
Fazer o Caminho Português de Santiago é uma forma privilegiada de viajar, estar em contacto com a natureza, com as populações locais e com outros peregrinos que por mil e uma razões se aventuram nos seiscentos quilómetros que unem Lisboa a Santiago de Compostela, ou uma parte deles. Mas é, acima de tudo, voltar a sentir o lado mais simples da vida.
A pé, a cavalo ou de bicicleta, todos aqueles que o percorrem fazem muito mais do que seiscentos quilómetros. O Caminho de Santiago é, acima de tudo, um caminho interior. No Caminho Português, por ser ainda um dos menos explorados, acaba por ser também um dos mais intensos – o grau de intimidade e contacto humano sobem consideravelmente e marcam de forma vincada esta experiência para a vida.
Sobre os autores:
Carlos Carneiro nasceu em Lisboa, em 1975. Licenciou-se em Comunicação Social pela Universidade Católica e estudou Fotojornalismo no CENJOR. Intercalou, desde então, a sua vida entre trabalhos (Inglaterra e Islândia) e viagens em diversas partes do mundo, América Latina, Ásia e Médio Oriente. Regressou a Portugal para tentar materializar todas estas experiências num primeiro projecto de comunicação, cujo resultado foi o livro editado pela Livros d’Hoje, em conjunto com Jorge Vassallo, Até onde vais com 1000
euros?

Jorge Vassallo nasceu em Lisboa, em 1976. Licenciou-se em Marketing & Publicidade pelo IADE e foi copywriter em várias agências de publicidade, até que em 2003 se lançou numa viagem de Lisboa a Hanoi, durante 9 meses.
Desde que voltou, tem intercalado viagens com trabalhos na área da produção de publicidade e eventos.

You Might Also Like

1 comentários

  1. O melhor mesmo é pegar na mochila e partir rumo a Santiago de Compostela! ;)
    Fiz este caminho, mas iniciei a viagem em Ponte de Lima, com paragens em Rubiães, Tui, Redondela, Pontevedra, Caldas de Rei, Padrón e Santiago. Para quem gosta de trilhos, é sem dúvida um percurso com muitos encantos e conversas, pois pelo caminho o que não falta é encontros com outros caminhantes com quem partilhar experiências. :)

    ResponderEliminar

Follow on Facebook