"A assombrosa viagem de Pompónio Flato" de Eduardo Mendoza


Autor: Eduardo Mendoza
P.V.P.: 13,90 €
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: -
Nº de Páginas: 152
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Sextante Editora
Chega às livrarias no dia 14 de Outubro o novo romance de Eduardo Mendoza, que mistura crimes, águas milagrosas e religião na Palestina da Roma Antiga

A Sextante Editora publica esta quinta-feira A assombrosa viagem de Pompónio Flato, de Eduardo Mendoza, um dos mais destacados escritores espanhóis do nosso tempo. Este novo romance, cruza história, crimes, hagiografia e a paródia de todos eles, naquela que é uma das obras mais insólitas e surpreendentes de Eduardo Mendoza, e também uma das mais ferozmente divertidas.

Passado no século I d.C., na Palestina, e com personagens muito peculiares, A assombrosa viagem de Pompónio Flato vai ser uma boa surpresa para os milhares de seguidores de Eduardo Mendoza em Portugal.

Eduardo Mendoza estará em Lisboa em Março do próximo ano, altura em que a Sextante Editora publicará um segundo livro do autor, com o título Três vidas de santos.
Sobre a obra:
No século I da nossa era, Pompónio Flato viaja pelos confins do Império Romano em busca de águas com efeitos prodigiosos. O acaso e a precariedade da sua sorte levam-no a Nazaré, onde vai ser executado o carpinteiro da aldeia, acusado do assassinato brutal de um rico cidadão. Contra a sua vontade, Pompónio vê-se imerso na investigação do crime, contratado por um extraordinário cliente: o filho do carpinteiro, criança cândida e singular, convencida da inocência do pai.

Críticas:
Eduardo Mendoza mistura as formas e as maneiras e sente-se livre para regressar aos primórdios da nossa era, porque o que pretende é jogar com as possibilidades do romance e, a partir do jogo, propor uma reflexão sensata e agradável sobre o feito literário, sobre o alcance da imaginação quando, como Cervantes, se parte dos seus subprodutos para erigir um monumento à sabedoria da ficção.
Leer

Eduardo Mendoza escreveu uma celebração da literatura (…) Eis a melhor anedota possível, a mais lúcida, sobre os costumes ideológicos e literários dominantes: uma crítica alegre, uma novela feliz, um divertimento fantástico.
Justo Navarro, El País

Sobre o autor:
Eduardo Mendoza nasceu em Barcelona em 1943. Escreveu entre outros romances A verdade sobre o caso Savolta (1975, Prémio da Crítica), O mistério da cripta assombrada, O labirinto das azeitonas e A cidade dos prodígios (1986, Prémio Cidade de Barcelona), Uma comédia ligeira (1996, Prémio de Melhor Livro Estrangeiro em Paris em 1998), A aventura do cabeleireiro de senhoras (2001, Prémio para o «Livro do Ano» do Grémio dos Livreiros de Madrid), Maurício ou as eleições sentimentais (2006, Prémio de Romance da Fundação José Manuel Lara).
"A assombrosa viagem de Pompónio Flato" de Eduardo Mendoza "A assombrosa viagem de Pompónio Flato" de Eduardo Mendoza Reviewed by Clube dos Livros on outubro 11, 2010 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.