"Carta a um ex-amante" de Julieta Ferreira


Autor: Julieta Ferreira
P.V.P.: 12,00 €
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-688-019-4
Nº de Páginas: 102
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Editora Temas Originais
O livro poderá ser adquirido nas Livrarias Almedina e Barata, ou ver abaixo
Sobre a obra:
Grito de libertação de uma mulher de meia-idade, «Carta a um ex-amante» é uma longa narrativa plena de coragem na qual a mulher se dirige ao ex-amante (assim deseja chamar-lhe) fazendo publicamente uma auto-análise do seu relacionamento passado e presente com os homens. Trata-se de um longo desnudar meditado e sentido. «Recrio-me e reinvento-me e nesse jogo eu tento vislumbrar a mulher que conheceste. Mas talvez essa tivesse sido também uma das minhas criações que não consigo recriar. Porque me faltas tu e não tenho tido parceiro que me inspire. É isso mesmo. Sou em função dos outros. Só na ausência deles não tenho de me inventar.» É provável que nesta longa carta, algumas mulheres encontrem respostas e (mais importante) perguntas, muitas perguntas. É de amor, de um amor longamente contido que aqui se fala: «Mascarei-o de mil maneiras para me proteger. Neguei-o continuamente como Judas negou Cristo» e é o amor que até ao fim se busca.

Sobre autor:
Pode visitar AQUI

Podem consultar autora para compra ou outras informações, enviando um e-mail para AQUI
"Carta a um ex-amante" de Julieta Ferreira "Carta a um ex-amante" de Julieta Ferreira Reviewed by Clube dos Livros on janeiro 06, 2011 Rating: 5

19 comentários:

  1. Agradeço ao "Clube dos Livros" pela divulgação do meu último romance. Regozijo-me sempre que vejo iniciativas como esta em que se reconhecem e promovem os novos autores. Bem-hajam!

    ResponderEliminar
  2. Recomendo o livro de Julieta Ferreira, que tive o gosto de apresentar, quando do lançamento em Lisboa.
    A obra da autora, que aproveito para felicitar, justifica amplamente esta divulgação.

    ResponderEliminar
  3. José Quintela Soares6 de janeiro de 2011 às 22:24

    Li este interessante livro, de uma Mulher na plenitude das suas convicções, determinada, sabendo o que quer, precisando apenas, na minha mais que modesta opinião, de saber para onde vai. E este “apenas” não é tão insignificante como a palavra pode, erradamente, induzir. Porque os caminhos por onde tem “ido”, têm sido becos cuja saída se tem revelado dolorosa. Pisa chão que conhece, a vontade férrea empurra-a para a frente, mas ainda não encontrou na berma o seu ideal.
    E se me é permitida uma recomendação aos futuros leitores de Julieta Ferreira, aconselho vivamente a visita a "Regresso a Lisboa", obra anterior a esta e que lhe abre caminho...na minha perspectiva.

    Parabéns, Julieta Ferreira!

    ResponderEliminar
  4. "Carta a um ex-amante é o livro que a maioria das mulheres desejaria escrever mas não tem a coragem. Gostei muito e recomendo a sua leitura.

    ResponderEliminar
  5. Um livro que nos faz recordar pedaços da nossa vida e nos faz (re)viver velhos amores e eternas paixões.
    Conheço a Julieta há muito pouco tempo e de certo a considero como uma prenda que o Pai Natal me deu em finais de 2010. Uma prenda que vamos desembrulhando e a cada segundo que passa nos acelera a respiração e esperamos ansiosamente pelo final. Mas desconfio que não será para breve que conseguirei desembrulhar os laços que a protegem e de certeza que ainda terei muitos e bons anos pela frente de respiração ofegante e desenfreada.

    Parabéns pelo excelente livro e espero ansiosamente o próximo. De certeza que nos irá transportar de novo para uma ficção mascarada de realidade, como só tu o sabes fazer.

    Eternamente, um admirador e um amigo,
    José Vieira

    ResponderEliminar
  6. Quantas cartas trazemos dentro de nós a ex-amantes, a ex-maridos, a ex-amigos? Há que libertar palavras e sentimentos, com coragem e determinação. Quando trazemos beleza às nossas mágoas, redimensionando-as, estamos num processo de crescimento.

    ResponderEliminar
  7. Um romance que é uma longa carta, onde se espelham os nós e as dúvidas que a vida tece. Talvez aqui encontrem respostas ou pistas para as mesmas, sobre perguntas que nunca tiveram a coragem de fazer.
    Denso, profundo, obriga a reflectir...numa palavra. Excelente!
    António

    ResponderEliminar
  8. Carta muito dificil de escrever, mas que a Julieta conseguiu fazer lindamente.
    Adorei do principio ao fim.

    PARABENS JULIETA

    Aguardo ansiosamente o próximo

    Um beijo

    Edite Matos

    ResponderEliminar
  9. Como a fábula dos porcos-espinhos, e muitas outras fábulas presentes na nossa relação com os outros, este livro de Julieta espelha episódios tão comuns em tantas vidas. Um livro-carta que diz o que, pelo menos uma vez na vida, gostaríamos de ter dito e que calámos, porque nem tudo conseguimos verbalizar, ou não tivemos coragem ou nos faltou a vontade.
    A vida é uma constante procura e as relações, mesmo dolorosas, fazem-nos crescer e escolher novos caminhos, é essa a mensagem e a aprendizagem da sua autora. “Carta a um ex-amante” é um livro que deixa claro quanto é difícil esconjurar os afectos perdidos, mas que revela luta e coragem. Por isto e tanto mais, gostei de o ler e o recomendo. E a sua voz, fazendo sua a voz de tantas mulheres, diz de quanto, apesar das perdas e dos enganos, é importante amar.

    ResponderEliminar
  10. A Julieta Ferreira é uma escritora que tem como lema nas suas obras dar uma tonalidade à vida sem romantismos cor de rosa, nem excessivos dramatismos. Ela escreve o que lhe vai na alma com ou sem ligação à sua própria vivência mas, certamente, com base nas muitas vivências que se observam que se sentem e se ouvem daqui e dali.Assim, num exercício de quase pedagogia mas de alerta, sem dúvida, ela faz-se eco de muitas preocupações e até pesadelos de que muitas pessoas gostariam de se libertar mas muitas razões impedem de o fazer, desde logo,a coragem e até algum comodismo.
    As obras da escritora Julieta Ferreira, têm muito mais objectividade ainda, mas há um aspecto que eu nunca posso deixar de sublinhar e que é a sua forma escorreita de escrever. Dá gosto ler, seja qual for a temática. Leiam a Julieta Ferreira.

    ResponderEliminar
  11. Julieta,

    Outros amigos disseram já quanto havia para dizer: da correcção da escrita (tão rara, cada vez mais rara) à proximidade dos temas, da relação (que nos parece) tão íntima entre ficção e realidade à coragem que revela na sua abordagem, a sua obra cativa.
    Concordo com o convite, atrás endereçado, para uma visita a "Regresso a Lisboa" e estou, como tantos, à espera do próximo.

    Beijinhos, cara amiga.

    Cristina SC

    ResponderEliminar
  12. Adorei o livro CARTA A UM EX-AMANTE. "Temo deixar de me importar.Temo de cruzar os braços e voltar as costas. Não só aos homens. Pois as minhas injúrias não têm a ver com o sexo dos meus injuriantes" ou então " Não me perdi nem perdi o amor. Apenas perdi a ilusão de viver na ilusão de estar acompanhada" BRILHANTE!!

    Julieta Estrela

    ResponderEliminar
  13. Gostei imenso de ler o livro, escrita fluida a que já nos habituaste, um tema cativante, talvez, partilhado por muitas mulheres. Achei que existe uma linha muito ténue entre a ficção e a realidade, que achei fantástico.
    Aos seguidores da Julieta, aconselho a leitura do livro Regresso a Lisboa, que creio abrir o caminho para uma melhor percepção da Carta A Um Ex-Amante.
    Parabéns e muito sucesso Julieta
    Beijinhos
    Mimi

    ResponderEliminar
  14. Li.
    4 vezes.
    ...a primeira vez de noite,
    a segunda de dia,
    a terceira outra vez de noite,
    a quarta de dia.
    Encontrei sempre coisas novas.
    E continuarei a encontrar...
    cada vez que reler.
    Sorri muitas vezes, de noite e de dia...ao ler.
    Encontrei tanto de mim...e tanto de outros-que-não-de-mim...
    Que dizer do teu livro "Carta a um ex-amante"?
    Que é um livro A B S O L U T A M E N T E F A S C I N A N T E!
    Cativou-me...
    sou também responsável por o divulgar.
    Gostei imenso, imenso, imenso, de tudo.
    Do conteúdo.
    Do estilo.
    Das mensagens.
    Das palavras.
    Das revelações.
    Dos insights que me provocou.
    Todos devíamos lê-lo...mulheres e homens.
    Para aprender imensas coisas.
    Para perceber outra tantas.

    Obrigada.
    Muito.
    Sinceramente.
    Por o teres escrito.
    Por mo teres dado a conhecer.
    Por ti.
    Por tudo.

    Não pares...

    ResponderEliminar
  15. Obrigada aos leitores e amigos que têm deixado comentários. É muito gratificante saber que as minhas palavras vos tocaram e vos convidaram a reflectir sobre certas questões. O vosso apoio e confiança na minha escrita representam muito para mim. Posso já divulgar que estou a escrever um outro romance, bastante distinto dos anteriores. Espero que continuem a ler-me. Grande abraço.

    ResponderEliminar
  16. Gostei imenso de ler este livro que é uma "carta" dirigida a um ex-amante ideal, faz a autópsia à natureza humana, analisa o ser humano e a complexidade das suas relações. Faz também a análise à sinceridade e autenticidade de muitos homens e mulheres, nos seus comportamentos entre si.
    Tendo lido os outros livros de Julieta Ferreira, reconheço um aperfeiçoamento progressivo na roupagem das mensagens e o produto literário surge cada vez mais elaborado. Parabéns pela nova obra!

    ResponderEliminar
  17. Parabéns, Julieta! Já li o teu livro, é muito bom,a apresentação do mesmo está bem concebida, pois as letras são de fácil leitura e não é um livro massudo. Tantas perguntas ...será que algum dia essa carta irá para o destinatário?!;) É excelente, já o vou emprestar a uma amiga que o quer ler. Recomenda-se. Continua porque tens muita força e sabedoria para escreveres coisas tão lindas.
    bjs

    ResponderEliminar
  18. Coloquei no meu blog um link directo para estas opiniões. Espero que não se importem.
    http://otempoentreosmeuslivros.blogspot.com

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.