Marcador | "Sete Janelas com Vista Para a Morte" de Miguel Miranda

fevereiro 19, 2018

15,71 € | 264 pág


Sobre autor:
Edviges Stout é uma mulher frágil e doente, que dirige com mão de ferro o Grupo Azygus, uma instituição financeira cujos lucros se destinam a filantropia - o que pode ser uma fachada para negócios obscuros. Suspeita que alguém a quer matar e, para o impedir, contrata o detetive Mário França, o maior detetive do mundo, com escritório no Porto, no Muro dos Bacalhoeiros.

Ao mesmo tempo, quer saber a verdadeira história do seu pai, Herald Stout, passageiro incógnito num bombardeiro inglês despenhado na praia de Vila Chã, durante a Segunda Guerra Mundial.

A investigação irá cruzar-se com acontecimentos do passado e do presente. O detetive Mário França vê-se confrontado com o maior desafio da sua carreira: sete crimes, sete janelas com vista para a morte.

Sobre autor:
Miguel Miranda é médico e autor de vários romances, livros de contos e livros infantis. Recebeu o Grande Prémio de Conto da Associação Portuguesa de Escritores pelo livro Contos à Moda do Porto (1996); o Prémio Caminho de Literatura Policial pelo livro O Estranho Caso do Cadáver Sorridente (1997); e o Prémio Fialho de Almeida em duas ocasiões, pelos livros A Maldição do Louva-a-Deus (2001) e Todas as Cores do Vento (2013). Foi, também, finalista do Prémio PEN Narrativa 2012 (Todas as Cores do Vento) e do Prémio Violeta Negra 2014 do Festival de Literatura Policial de Toulouse (Donnez Leur, Seigneur, le Repos Éternel, edição francesa de Dai-lhes, Senhor, o Eterno Repouso). Está traduzido em Itália e França e representado em diversas coletâneas. No catálogo da Porto Editora figuram já os seus romances Dai-lhes, Senhor, o Eterno Repouso, Todas as Cores do Vento e A Paixão de K, bem como o livro de contos A Fome do Licantropo e Outras Histórias.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook