Novidades

"O Livro de Pantagruel - De Garfo e Faca à Volta do Mundo" de Maria Manuela Limpo Caetano, Maria João Caetano, Nuno Alves Caetano

15:18


Compre por: 23,40 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896263874
Nº de Páginas: 416
Editora: A Esfera dos Livros

Sobre a obra:
A primeira viagem que Maria Manuela Caetano fez foi a Itália, no longínquo ano de 1929, tinha então apenas sete anos. A mãe não se coibia de pedir conselhos, receitas, de conversar com cozinheiros para aprender os seus truques. Nascia o bicho de conhecer o Mundo e, claro, a paixão pela cozinha. Depois de O Livro de Pantagruel, a bíblia que todos os portugueses têm nas suas cozinhas, Maria Manuela Limpo Caetano traz-nos, com a ajuda dos seus filhos Maria e Nuno, uma obra com mais de 600 receitas dos cinco continentes. Uma autêntica viagem culinária: da empanada galega de Espanha, aos crepes chineses, do calulu de Angola, ao arroz de açafrão oriundo do Iraque, do caril de caranguejo de Moçambique ao café gelado austríaco, do pão de Natal típico da Alemanha ao guacamole mexicano… Deliciosas receitas realizadas com produtos de fácil acesso, ao gosto dos portugueses e de simples confeção.

Sobre autor:
Maria Manuela Caetano nasceu em Lisboa em 1922. É co-autora da «bíblia» da cozinha, O Livro de Pantagruel. Ex-empresária nos ramos de cosmética e vestuário. Ex-membro do júri da Câmara Municipal de Lisboa na atribuição de galardões aos melhores restaurantes de Lisboa.

Maria João Caetano nasceu em Lisboa em 1953. Frequentou o Curso de Direito (Lisboa). Exerce atividade profissional na área da Cultura (Museografia).

Nuno Alves Caetano nasceu em Lisboa em 1956, sendo licenciado em Gestão. Exerceu diversos cargos nas áreas da construção, seguros e comunicação. Atualmente acumula o cargo de administrador numa empresa internacional de serviços e numa empresa do ramo imobiliário.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"A Valsa Esquecida" de Anne Enright

15:10


Compre por: 13,95 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789722524568
Nº de Páginas: 232
Editora: Bertrand Editora

Autora vencedora do Man Booker Prize, Anne Enright foi também, com este livro, finalista do Orange Prize e vencedora do Andrew Carnegie Medal for Excellence.
Uma história marcante, de desejo, segredos e perdas.

Sobre a obra:
No inverno de 2009 nevou em Dublin. Gina recorda a senda de desejo e de acaso que a levou a apaixonar-se por Seán, «o amor da sua vida», e a deixar o homem com quem vivia. Enquanto a cidade lá fora fica paralisada, Gina recorda os tempos que passaram em diversos quartos de hotel: longas tardes que a felicidade e a negação tornaram indistintas. Agora, enquanto as ruas silenciosas, a quietude e a vertigem da neve que cai tornam o dia luminoso e pleno de possibilidades, Gina enfrenta a intempérie para se ir encontrar com uma rapariga a quem chama o «belo erro» de Seán: Evie, a sua frágil filha de doze anos.
Neste romance extraordinário, que é uma espécie de caixa de segredos, Anne Enright dirige-se diretamente aos leitores com o relato de acontecimentos súbitos e decisivos da vida quotidiana, com as relações voláteis entre as pessoas, com a frescura do olhar para cada estremecimento e gesto, com a captação irónica e exata das famílias, do casamento e da fragilidade da meia-idade.

Sobre autor:
Anne Enright nasceu em Dublin, onde atualmente vive e trabalha. Publicou dois volumes de contos, compilados com o título de Yesterday’s Weather, um livro de não ficção intitulado Making Babies e quatro romances, o mais recente dos quais é Corpo Presente, o Man Booker Prize de 2007 e classificado como O Romance Irlandês do Ano.


Imprensa:
«A prosa reluzente de Enright capta os matizes de luz e trevas que existem na natureza e na sociedade, criando com habilidade personagens memoráveis que vivem muito ocupados com os inúmeros pequenos nadas que constituem o drama da vida quotidiana.»
Time Out Chicago

«Valsa Esquecida é uma coisa rara: uma obra literária que não conseguimos parar de ler (…) É uma representação intensamente terna dos complexos laços familiares que nos unem, um retrato delicado sobre o amor, a perda e a esperança, de uma escritora muito talentosa.»
Financial Times


«Este romance lírico e muito bem escrito é um retrato das tensões familiares e da penumbra apática na qual uma amante tem de viver.»
Sunday Express

«Passando da rebentação inicial do desejo para os compromissos da vida de Gina pós-divórcio, com o seu amante e a sua filha adolescente, cuja deselegante presença dá ao livro a sua pungência fundamental, Enright sugere que há uma tragédia silenciosa na mediocridade do adultério nos tempos modernos, na qual os custos da traição são medidos menos em termos de vergonha do que em termos de vendas de casas.»
Vogue

«Este romance deslumbrante (…) mostra o seu brilho através da forma surpreendentemente eficaz com que a história é contada (…) As vicissitudes do amor extraconjugal (…) são acompanhadas de uma clareza crua, expressa numa prosa magnética e precisa.»
Booklist

«Tudo em [Valsa Esquecida] foi orquestrado na perfeição, e está tão bem escrito que poderia lê-lo uma vez apenas pela sua prosa deslumbrante e depois começar de novo pelo seu conteúdo (…) Este livro faz-me pensar que Enright seria capaz de fazer qualquer coisa (…) É difícil dizer o que é mais gratificante neste livro: as suas complexidades emocionais ou a elegância frugal da sua prosa (…) Sugiro que pegue neste livro, se encoste para trás e deixe que Enright o leve para onde ela quiser.»
Washington Post
Ler mais »

Passatempo

Resultado Passatempo - "Soberba Escuridão" de Andreia Ferreira

14:27

Olá a todos! :-)

Tínhamos para oferta 2 exemplares do livro:

Este passatempo só foi possível graças ao apoio da Alfarroba, muito obrigado pela iniciativa!

Muito obrigado aos participantes

As capas vencedoras deste passatempo são:





Muitos Parabéns! Ao vencedores já foram enviados os prémios.
Quem não ganhou desta vez, não desanime e continuem a participar.
Irão continuar a aparecer novidades!

Cumprimentos a todos e boas leituras!
Clube dos Livros
Ler mais »

Divulgação

[Chiado Editora] Lançamento: "Andreia" de Susana Ferreira | Casa da Juventude de Sintra

14:19

Apresentação do livro “Andreia” na Casa de Juventude de Sintra

O livro “Andreia” da autora Susana Ferreira, editado pela Chiado editora, vai ser apresentado na casa de juventude de Sintra – Mercês, no próximo dia 7 de Julho de 2012, pelas 15 horas.
Trata-se da primeira obra da autora, enquadrando-se no género de romance, retratando um percurso de novas decisões numa realidade da cidade.
O livro foi lançado no passado dia 16 de Maio, na Livraria Les Infants Térribles, Lisboa e encontra-se à venda em diversas livraria por todo o país.

Blog: livro_andreia.blogs.sapo.pt


Ler mais »

Novidades

"Os Fantasmas do Rovuma" de Ricardo Marques

14:12


Compre por: 12,51 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789895559619
Nº de Páginas: 256
Editora: Oficina do Livro

Durante a Grande Guerra, nas condições implacáveis do mato no Norte de Moçambique, milhares de soldados portugueses enfrentaram o inimigo alemão e desceram ao inferno. Escrito a partir de diários pessoais e documentos esquecidos, este é o relato de um pesadelo real vivido por homens sem esperança nem rumo nos confins de África. Uma aventura imperdível, feita de coragem e abnegação, que a História tentou apagar.

Sobre a obra:
Este livro conta-nos a história de uma guerra de quem ninguém falou.

Entre 1914 e 1918, Portugal enviou quatro expedições militares para a frente mais esquecida da Grande Guerra. No norte de Moçambique, junto às margens do Rovuma, milhares de homens viram-se condenados a marchas de centenas de quilómetros pela selva - sem comida nem água, sem sapatos, sem roupa, apenas com medo.

Os desastres sucederam-se. Os alemães eram mais rápidos, mais eficazes e conseguiam viver do que encontravam no mato. De ambos os lados, sempre esquecidos, centenas de milhares de africanos incógnitos roubados às suas aldeias e às suas vidas transportavam os mantimentos e as armas de uma guerra que nada lhes dizia. Esta é a história desta grande aventura contada pelos homens que a viveram.

Para Moçambique, foram enviados da metrópole 19 438 militares. A estes juntaram-se, ao lingo de 4 anos, portugueses que viviam na colónia e soldados indígenas. No total, a frente africana envolveu 39 201 combatentes.

Ler Excerto

Sobre autor:

Ricardo Marques nasceu em 1974. Jornalista do Expresso, trabalhou também no Correio da Manhã e na revista Sábado. É autor dos livros Moçambique, o Regresso dos Soldados e Assim Matam os Portugueses.

Vive em Peniche. É casado e tem duas filhas.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Não te Mexas" de Margaret Mazzantini

23:47


Compre por: 14,94 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789722524148
Nº de Páginas: 264
Editora: Bertrand Editora

Vencedor do Prémio Strega e com mais de 2 milhões de exemplares vendidos, Não te mexas é a mais estranha e inquietante das paixões, que tem arrebatado leitores do mundo inteiro. Foi adaptado ao cinema por Sergio Castellito e conta com Penélope Cruz como protagonista.

Sobre a obra:
Timoteo é um dos cirurgiões mais conceituados de Itália, casado com uma mulher lindíssima, com quem vive num apartamento de luxo e numa villa junto ao mar. Tudo na sua vida parece envolto em sucesso e glamour. Mas eis que a filha de quinze anos tem um acidente e é levada em coma para o hospital onde ele trabalha. Enquanto um colega faz uma delicada operação à cabeça da rapariga, o agonizante Timoteo prende irremediavelmente o leitor na teia da sua espantosa confissão. É que, debaixo do verniz da sua vida encantadora, reside uma história sórdida, degradante, da mais estranha das paixões. Timoteo partilha connosco o seu fatídico romance com uma mulher que, desde o primeiro momento, corrói tudo aquilo que ele julgava saber acerca de si próprio.
O arrepiante retrato de um homem extraordinariamente seguro de si que perde todo o controlo sobre a sua vida e as suas emoções tem arrebatado leitores do mundo inteiro e deu origem a um filme homónimo, protagonizado por Penélope Cruz.

Sobre autor:
Margaret Mazzantini nasceu em Dublin, filha de uma artista plástica irlandesa e de um escritor italiano. Foi atriz de cinema, televisão e teatro mas é sobretudo reconhecida pela sua obra literária. Venceu o prémio Strega com Não te Mexas, adaptado ao cinema e protagonizado por Penélope Cruz, que vendeu mais de dois milhões de exemplares só em Itália e foi um best-seller internacional, traduzido em mais de 30 línguas. Vir ao Mundo venceu o prémio Campiello e está a ser adaptado ao grande ecrã. Será também protagonizado por Penélope Cruz.
Vive em Roma com o marido e os quatro filhos.

Trailer do filme:
http://www.youtube.com/watch?v=6sSyxF_GUQc


Imprensa:
«Fascinante, comovente e compulsivo»
Mail on Sunday

«Muito belo… as observações fragmentadas, tão humanas, que animam constantemente este romance são inebriantes»
The New York Times Book Review

«Apaixonante… Desenrola-se com o secretismo urgente, murmurado, de uma confissão. A escrita é tensa, retesada e muito explícita: como uma sucessão de fotogramas, claros como a água, de um filme dramático.»
Daily Telegraph



Sobre Vir ao Mundo na imprensa portuguesa:
«Escrito de forma elegante, este livro revela-nos uma estimulante escritora italiana que tem tido bastante sucesso a nível internacional»
Jornal de Negócios

«A escritora usa o seu inimitável dom para a linguagem, criando uma obra de dimensões abrangentes e intenso compromisso moral, provando que até os piores males da história podem levar ao encantamento de um novo começo.»
Zen Energy

«Em Itália, o nome da escritora Margaret Mazzantini vale ouro: os seus livros vendem milhões de exemplares, ganham prémios, são adaptados ao cinema e protagonizados por estrelas como Penélope Cruz.»
Time Out
Ler mais »

Novidades

"Os filhos de Alexandria" de Françoise Chandernagor

22:50


Compre por: 14,94 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 978-972-0-07167-5
Nº de Páginas: 336
Editora: Sextante Editora

Os filhos de Alexandria
A história singular da filha de Cleópatra por Françoise Chandernagor

A Sextante Editora publica, no dia 5 de julho, Os filhos de Alexandria, romance de Françoise Chandernagor galardoado com o Grand Prix Palatine du Roman Historique 2011. Nesta história simultaneamente dramática e apaixonante, cruzam-se personagens históricas como Cleópatra, Marco António e seus filhos, das quais se destaca Selena, a narradora, que testemunhará o destino trágico da sua família.
Françoise Chandernagor é uma das grandes autoras do romance histórico em França e, atualmente, preside a Academia Goncourt, da qual é membro desde 1995.

Sobre a obra:
Alexandria: a joia de um império que António e Cleópatra vão arrastar na sua queda. Dos amores do Imperator e da rainha do Egito tinham nascido três crianças. Príncipes efémeros, que cresciam entre o ouro e a púrpura do bairro real juntamente com o seu meio-irmão mais velho, o menino faraó nascido da relação de César e Cleópatra. Quatro crianças com um destino trágico.
Com dez anos no momento da tomada da cidade e do suicídio dos pais, a pequena Selena, única sobrevivente desta ilustre família, não esquecerá nunca a aniquilação do seu reino, da sua dinastia, dos seus deuses.
Com sensibilidade e força romanesca, Françoise Chandernagor inicia a narração da vida desconhecida da última dos Ptolomeus neste primeiro volume do tríptico A rainha esquecida.

Sobre autor:
Françoise Chandernagor nasceu numa família de maçons da Creuse cruzados com descendentes de um escravo indiano. Após um começo de carreira nas altas magistraturas do Estado, dedicou integralmente a sua vida à escrita, a partir de 1993. O seu primeiro romance, A alameda do rei (1981), atingiu 600 000 exemplares de vendas em França e foi traduzido em todo o mundo.
É, desde 1995, membro da Academia Goncourt, presidindo atualmente ao júri do Prémio Goncourt.


Imprensa:
A sua conquista do Egito é um feito ao mesmo tempo erudito e popular.
Bernard Pivot, Le Journal du Dimanche

Chandernagor conta com talento a história do mais célebre casal da Antiguidade. E o milagre acontece: uma lição de História acompanhada de uma soberba lição de literatura.
Frédéric Valloire, Valeurs Actuelles

Lugar de honra para as sensações, os gestos e os sentimentos. O fantasma de Selene e todos os espetros que ela arrasta consigo ganham cor. Esperamos com impaciência a continuação desta magia.
Marie-Françoise Leclère, Le Point

Chandernagor escreve num estilo direto, por vezes cru, mas sempre inventivo e literário. Recria o Egito com o à-vontade e o brio de uma paixão inteligente.
Patrick Grainville, Le Figaro littéraire

Rigor factual e narrativa enérgica: um cocktail vencedor. A romancista inicia o leitor na política romana, nos costumes, na poesia, nas paixões e na vida quotidiana da Antiguidade.
Emmanuel Hecht, L’Express

Graças à formidável erudição e talento da romancista, somos transportados à Alexandria cosmopolita do último século antes da nossa era.
Bernard Loupias, Le Nouvel Observateur

Ler mais »

Novidades

"Chega de Mas!" de Sean Stephenson

22:23


Compre por: 13,49 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896681562
Nº de Páginas: 176
Editora: Nascente

Felizmente ainda existem histórias inspiradoras como as de Sean Stephenson para dar, em tempos díficeis, força para superarmos obstáculos e motivação para seguirmos em frente. Pois se Sean não desistiu, quem somos nós para virar as costas à mais pequena adversidade.

Autor de Chega de Mas! Como Dei Passos de Gigante na Minha Vida e Tu Podes dar Também , à venda a partir de 21 de junho (14,99€), Sean quis, com este livro, partilhar a sua experiência de vida. Uma vida que não não deixa ninguém indiferente.

Sobre a obra:
Chega de Mas! não só apresenta a incrível história de vida de Sean Stephenson, como ensina o que é necessário para ultrapassarmos os percalços da vida, esquecer as desculpas e inseguranças, e alcançar uma vida de êxito.
«Quando nasci, poucos acreditaram na minha sobrevivência. Mas aprendi a enfrentar as contrariedades e transformei-me numa pessoa bem-sucedida e feliz. Não há nenhuma desculpa que te impeça de seres aquilo que quiseres. Já chega de mas. Viver plenamente, agora, só depende de ti.»

«Gostava de poder voltar atrás no tempo, para abraçar aquele menino que chorava sozinho na sala de Biologia e dizer-lhe que um dia ele atrairia algumas das mulheres mais bonitas, mais talentosas e mais carinhosas do planeta. Infelizmente, o mais provável seria ele não acreditar em mim. Tinha demasiados MAS. Aprendi que quando as pessoas se escondem atrás das suas limitações, não veem mais nada. É por isso que embarquei numa corrida sem fim para ajudar as pessoas a despertarem — nem que tenha de as sacudir, só para lhes provar que são capazes de ultrapassar todo e qualquer obstáculo que lhes surja na vida. Lamentavelmente, por vezes é quase impossível combater a mais poderosa força negativa do mundo: o tamanho do MAS de uma pessoa!
Fui a 47 Estados e seis países, e todos os anos encontro-me com milhares de pessoas. Eis o que aprendi: a única coisa que alguma vez nos impede de termos aquilo que queremos na vida é o tamanho do nosso MAS. O nosso MAS é aquela desculpa confortável em que nos apoiamos, sempre que queremos desistir, quando achamos que já não podemos fazer mais nada para resolver os nossos desafios, alcançar os nossos objetivos ou emendar os nossos erros. Parece-vos familiar?»

Sobre autor:
Licenciado em Ciência Política, trabalhou com congressistas e governadores, e estagiou na Casa Branca durante a presidência de Bill Clinton. Decidiu depois partilhar a sua vontade de viver com os outros, e iniciou uma carreira como orador motivacional, tendo viajado por vários países e realizado palestras em escolas, empresas, hospitais e prisões. Trabalha como psicoterapeuta no campo da motivação e autoestima, e é formado em Programação Neurolinguística e doutorado em Hipnoterapia Clínica.

Sean Stephenson é um dos oradores motivacionais mais mediáticos em todo o mundo, e o seu livro tem sido elogiado pelos maiores meios de comunicação dos EUA.
O autor de Chega de Mas! já apareceu em programas e jornais como Oprah Show, CNN, Discovery Channel, CBS News, The New York Times Washington Post, entre muitos outros que não ficaram indiferentes à força de vida de Sean.


Na internet são inúmeras as referências ao autor de Chega de Mas!. Aqui deixamos apenas alguns dos links para vídeos onde pode conhecer melhor Sean, e comprovar que a força de vontade e o gosto pela vida pode mover montanhas.
www.youtube.com/watch?v=-HJ9ufxrUks&feature=relmfud
www.youtube.com/watch?v=9J-LPLECebY
www.youtube.com/watch?v=mo6jUXEpECI&feature=relmfu
www.youtube.com/watch?v=foOsOK_RygM&feature=relmfu


Imprensa:
«Sean é uma pessoa espantosa que veicula uma mensagem importante.»
Bill Clinton, ex-presidente dos EUA

«Sean Stephenson é um Yoda do desenvolvimento pessoal, embora com orelhas menos pontiagudas.»
Jimmy Kimmel, apresentador de televisão

«O livro do Sean apresenta-nos uma solução comovente e infalível não só para nos deixarmos de desculpas e tomarmos as rédeas da nossa vida, mas também, e mais importante ainda, para não desistirmos de perseguir a vida com que sempre sonhámos.»
Rita Emmett, autora de Não Deixe Para Amanhã

«Considero Sean Stephenson um herói. As histórias comoventes que conta sobre ele próprio e outras pessoas capazes de retirar benefícios do sofrimento são verdadeiras lições de coragem. Igualmente importantes são as estratégias que ele nos ensina para desenvolvermos mais confiança ao nível da saúde, da carreira profissional, das relações pessoais e muito mais. Façam um favor a vocês próprios e leiam este livro!»
Susan Jeffers, autora de Apesar do Medo

Ler mais »

Novidades

"Cama de Gato" de Kurt Vonnegut

22:11


Compre por: 13,95 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789722524582
Nº de Páginas: 216
Editora: Bertrand Editora

A sua obra mais (re)conhecida é sem dúvida Matadouro Cinco ou a Cruzada das Crianças, mas Vonnegut é também autor de vários romances, ensaios e peças de teatro. Depois da publicação em agosto passado de Matadouro Cinco, dá-se continuidade à obra deste “hilariante profeta da desgraça” com Cama de Gato.

Sobre a obra:
O doutor Felix Hoenikker, um dos «pais» da bomba atómica, deixou à humanidade um legado fatídico. Foi ele o inventor do gelo-nove, um químico letal capaz de congelar o mundo inteiro.
As investigações de John, o escritor que está a preparar uma biografia de Felix, conduzem-no aos três excêntricos filhos do cientista, a uma ilha nas Caraíbas onde se pratica a religião bokononista e, mais tarde, ao amor e à loucura.
Narrado com um humor desarmante e uma ironia amarga, este livro de culto acerca da destruição global é uma sátira hilariante e assustadora sobre o fim do mundo e a loucura dos homens.
«alguém ou alguma coisa me impeliu a estar em certos lugares em determinados momentos, sem falha. Foram providenciados meios e motivos, tanto convencionais como bizarros. E segundo o plano, a cada dado instante, em cada dado lugar, lá estava este Jonah aqui:
Escutem:
Quando eu era mais novo – duas mulheres, 250 000 cigarros e 750 litros de cerveja atrás…
Quando eu era muito mais novo, comecei a reunir material para um livro a ser intitulado O Dia Em Que o Mundo Acabou.»

Sobre autor:
Kurt Vonnegut nasceu em Indianapolis a 11 de novembro de 1922 e morreu em Nova Iorque a 11 de abril de 2007. Licenciou-se em Química e alistou-se no exército americano, com o qual combateu na Segunda Guerra Mundial. Foi feito prisioneiro e presenciou o bombardeamento de Dresden. Após a Guerra, formou-se em Antropologia É autor de vários romances, ensaios e peças de teatro, entre os quais se destaca Matadouro 5 ou A cruzada das Crianças de 1969.

Imprensa:
«Um hilariante profeta da desgraça»
The New York Times

«Único… um dos autores que nos mapeia as paisagens, que dá nomes aos lugares que melhor conhecemos.»
Doris Lessing, The New York Times Book Review

«O nosso melhor humorista negro… Rimo-nos em autodefesa.»
The Atlantic Monthly

«Vonnegut olhava para o mundo bem nos olhos e nunca vacilava»
J. G. Ballard

«Um satírico inimitável e que não imita ninguém»
Harper’s Magazine

Ler mais »

Novidades

"Pecados Escondidos" de Emma Wildes

22:19


Compre por: 16,97 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896573089
Nº de Páginas: 312
Editora: Editorial Planeta

O quarto livro de Emma Wildes, bastante elogiado pela crítica, é um romance de época escaldante, onde não falta muito sexo, histórias de amor e muita sedução.

Para ler sem preconceitos.

Emma Wildes é uma autora premiada com mais de vinte livros publicados.
Em Portugal é já uma referência literária, depois do sucesso com Uma Aposta Perversa, Lições de Sedução e Um Homem Imoral, que seduziram irremediavelmente os leitores portugueses.

Sobre a obra:
Não foi a arte do engano que desconcertou Michael Hepburn, mas sim a inocência. A sua recém-esposa era confiante, bonita e, para seu espanto, absolutamente fascinante.
Julianne Sutton sempre soubera que casaria com o marquês de Longhaven, como fora acordado anos antes pelas famílias.
No entanto, assumira que o marido seria Harry, o afável herdeiro ducal, e não o enigmático irmão. Quando Harry morreu de forma inesperada e Michael lhe sucedeu como o novo marquês, não foram apenas os planos de casamento de Julianne que se alteraram.
Michael combatia um inimigo implacável num jogo de espionagem e engano, mas quando descobriu que a mulher tinha os seus próprios segredos, depressa descortinou que o amor se regia por um conjunto de regras completamente diferentes…

Sobre autor:
Emma Wildes cresceu a devorar livros e a escrita nasceu naturalmente.
A autora costuma dizer que adora escrever porque adora ler.
Estudou na Universidade de Illinois é e licenciada em Geologia.
Vive em Indiana com o marido e três filhos.
Foi a autora n.º 1 do Fictionwise, WisRWA Reader’s Choice Award, vencedora na categoria de Romance Histórico em 2006, do Lories Best Published, e em 2007 vencedora do Eppie para o melhor romance erótico.
Descubra mais sobre a autora no seu sítio na internet: www.emawildes.com


Imprensa:
«Emma Wildes é uma estrela em ascensão que escreve incríveis romances históricos.»
Just Erotic Romance Reviews

«De todos os autores que li, penso que Emma Wildes é a minha indiscutível favorita … Mostrou mais uma vez a sua capacidade para apresentar novas variações do romance em todas as suas infinitas formas. Esteja preparado para sentir crescer as suas paixões, ao ler as cenas de amor maravilhosamente escritas.»
Just Erotic Romance Reviews

«Soberbamente sensual… deliciosamente erótico»
Publishers Weekly
Ler mais »

Novidades

"Halo" de Alexandra Adornetto

22:10


Compre por: 17,96 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896572419
Nº de Páginas: 392
Editora: Editorial Planeta

A revelação de uma nova autora que escreveu este best-seller com apenas 18 anos. Foi o livro de Bolonha em 2009 e, marcou a nova tendência de passagem dos vampiros para os anjos.

Uma narrativa viciante, apaixonada e vibrante, com personagens muito bem construídas que rapidamente conquistam o coração do leitor.

Uma história de amor entre um anjo celestial e um ser humano, que desafiam todas as leis em nome do amor.

Halo, na sua estreia, entrou directamente para 4.º lugar na lista dos livros mais vendidos do New York Times

A história não acaba aqui, Alexandra Adornetto vai voltar a deixar os leitores em suspense no próximo livro desta nova trilogia, cujos direitos de adaptação para o cinema já foram comprados pela Disney.

Um livro que está disponível em mais de 45 países e que deleitará todos os leitores, pois o único sentimento que está em jogo, pelo qual lutam e pode mover céus e terra, é o amor.
Sobre a obra:
Três anjos – Gabriel, o guerreiro; Ivy, a curandeira; e Bethany, a mais jovem e humana de todos – são enviados para levar o Bem a um mundo que sucumbe ao poder das trevas.
Esforçam-se por esconder o brilho luminoso que os envolve, os poderes sobre-humanos que detêm e, representando o maior dos perigos, as asas, ao mesmo tempo que evitam qualquer tipo de relação com os humanos.
Mas Bethany conhece Xavier e ambos se revelam incapazes de resistir à atracção que sentem um pelo outro. Gabriel e Ivy tentam tudo para impedir aquela relação, mas o sentimento que une Xavier e Bethany é demasiado forte.
Irá o amor lançar Bethany na perdição ou salvá-la?

Sobre autor:
Alexandra Adornetto tinha 18 anos e 14 quando publicou o primeiro livro, e The Shadow Thief, na Austrália.
Filha de professores de inglês, confessa-se uma compradora de livros compulsiva que, ao ver-se sem espaço nas estantes, amontoa as suas leituras «em pilhas instáveis, no chão do quarto».
Alex vive em Melbourne, na Austrália. Halo marca a sua estreia nos Estados Unidos e na Europa.

Pode visitar Alex e a sua extensa rede de amigos no Facebook.


Imprensa:
«A escrita de Alexandra Adornetto é fresca e real, sem qualquer esforço para demonstrar eloquência. Se não fosse ela, nunca o boom deste género de literatura teria acontecido e a publicação continuaria mais sombria.»
The New York Times Book Review

«Halo encantou-me desde a primeira página.»
Claudia Gray, autora best-seller de Evernight
Ler mais »

Novidades

"Ampulheta" de Cláudia Gray

22:04


Compre por: 16,97 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896572754
Nº de Páginas: 312
Editora: Editorial Planeta

OS VAMPIROS MAIS BELOS E PERIGOSOS DO MUNDO ESTÃO DE VOLTA À ACADEMIA EVERNIGHT.
MISTÉRIO. AMOR. PERIGO... UMA DENTADA IRRESISTÍVEL.

Arrebatador e incontornável, o terceiro livro da trilogia de um fenómeno vampírico que tem alimentado a imaginação de milhões de leitores.
Uma série empolgante da autora best-seller do New York Times, que já conquistou uma legião de fãs em mais de trinta países.

A primeira página abre a porta para um universo de vampiros que circulam num sinistro colégio interno onde os estudantes são estranhamente demasiado perfeitos.

Esta trilogia mereceu já a aprovação internacional do público, da crítica e os elogios de L.J. Smith, autora da série Crónicas Vampíricas:
«Assim que comecei a ler Evernight, não consegui parar! Mal posso esperar pelo próximo livro de Claudia Gray!»

Sobre a obra:
Depois de fugirem da Academia Evernight, a escola de vampiros onde se conheceram, Bianca e Lucas refugiam-se com os Cruz Negra, um grupo de elite de caçadores de vampiros.
Bianca obriga-se a esconder a sua herança sobrenatural ou corre risco de vida.
Mas quando os Cruz Negra capturam o seu amigo Balthazar, todos os segredos ameaçam ser revelados.
Em breve, Bianca e Lucas orquestram a sua fuga com Balthazar, mas são perseguidos não só pelos Cruz Negra como pelos perigosos e poderosos chefes de Evernight. No entanto, por muito longe que consigam ir, Bianca não pode escapar do seu destino.
Bianca sempre acreditou que o seu amor por Lucas poderia sobreviver a
qualquer coisa, mas poderá de facto resistir ao que está para vir?

Sobre autor:
Claudia Gray é o pseudónimo da escritora Amy Vincent, que vive em Nova Iorque. Trabalhou como advogada, disc-jockey e, em tempos, foi empregada de mesa mal remunerada.
O interesse que sempre teve por casas antigas, filmes clássicos e história teve um papel fundamental na criação do mundo de Evernight...

Visite o sítio da autora em: www.claudiagray.com


Imprensa:
«Amor adolescente, ódios antigos e uma querela do tipo Romeu e Julieta alimentam os fogos neste apelativo drama narrado na primeira pessoa.»
Romantic Times BOOKclub
Ler mais »

Novidades

"Quem Sofre São as Crianças" de Donna Leon

21:59


Compre por: 16,97 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896572914
Nº de Páginas: 280
Editora: Editorial Planeta

Uma história de mistério e intriga emocionante, sobre o rapto de uma criança e os meandros do tráfico infantil, protagonizado pelo Comissário Guido Brunetti, com a assinatura da grande dama do crime, Donna Leon.

Veneza é uma das mais visitadas cidades do mundo, célebre pelos seus canais, monumentos e beleza secular.
Através das páginas de Donna Leon, é possível visitar uma Veneza que nem todos os turistas conhecem…
Pela mão do Comissario Brunetti, descobre-se a cidade dos residentes, as pequenas ruas por trás das catedrais, o interior dos edifícios que falam de História, os lugares frequentados pelos venezianos, os encantos escondidos da autêntica cidade que não está nos guias turísticos.
Nas páginas dos livros Donna Leon, a verdadeira Veneza também é personagem…

Sobre a obra:
A tranquilidade da noite veneziana é perturbada quando um bando de homens armados força a entrada no apartamento do Dottor Gustavo Pedrolli, fracturando-lhe o crânio e levando o bebé de dezoito meses.
Quando o Comissario Guido Brunetti, arrancado da cama pela notícia, chega ao hospital para investigar, ninguém sabe o porquê de tão violenta agressão ao eminente pediatra.
Mas Brunetti em breve começa a descortinar uma história de infertilidade e desespero, e um submundo onde os bebés podem ser comprados com dinheiro, entre um esquema fraudulento com farmácias e médicos da cidade. O conhecimento pode ser tão destrutivo como a ganância, certas informações acerca de um vizinho podem levar a todos os tipos de corrupção e a diversas formas de dor.

Sobre autor:
Donna Leon nasceu a 29 de Setembro de 1942, em Nova Jérsia, mas viveu em Veneza durante vinte anos.
Exerceu a actividade de Leitora de Literatura Inglesa na Universidade de Maryland. Há alguns anos a autora decidiu deixar o ensino para se dedicar à escrita e à música barroca.
Apesar de ter chegado à escrita por acaso, atingiu rapidamente o êxito com a série policial protagonizada pelo Commissário Brunetti, consagrando-se como A Grande Senhora do Crime.
Os seus livros estão traduzidos em mais de 23 línguas e são um êxito de vendas e da crítica. A escritora venceu o Crime Writters Association Silver Dagger em 2000 na Europa e nos Estados Unidos.


Imprensa:
«Uma das séries de detectives mais deliciosas e inteligentes jamais escritas.»
The Washington Post

«Donna Leon aborda com sensibilidade esta questão difícil, sem se limitar às descrições de Veneza de fazer crescer água na boca.»
Daily Telegraph

«Donna Leon continua a manter um nível impressionante… consegue alcançar uma fusão perfeita entre personagens, lugares, mistério e questões sociais. O seu décimo sexto romance com Brunetti é também um dos seus melhores.»
The Times
Ler mais »

Novidades

"Neighbours" de Lília Momplé

20:30


Compre por: 8,91 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 978-972-0-04386-3
Nº de Páginas: 160
Editora: Porto Editora

Neighbours, de Lília Momplé
Escritora moçambicana passa a integrar catálogo da coleção Literatura Plural

Quem não sabe de onde vem não sabe onde está nem para onde vai. Este é o mote de Neighbours, de Lília Momplé, obra que a Porto Editora publica, a 5 de julho, na coleção Literatura Plural.
Neste livro, a prestigiada autora, traduzida em várias línguas, aborda a «permanente e trágica ingerência da minoria racista da África do Sul» em Moçambique. A partir de factos reais, Lília Momplé descreve «o que se passa em Maputo, em três casas diferentes, desde as 19 horas de um dia de maio de 1985 até às 8 horas da manhã seguinte».
Neighbours, de Lília Momplé, insere-se na coleção Literatura Plural, que conta, até ao momento, com obras de Vítor Burity da Silva e Luís Carlos Patraquim. Estes livros vendem-se, também, em Angola e Moçambique, através da Plural Editores Angola e da Plural Editores Moçambique, que integram o Grupo Porto Editora.

Sobre a obra:
No decurso de uma longa noite de maio, ténues laços se estabelecem e quebram entre os habitantes de três apartamentos: uma jovem família, uma mulher que espera o seu marido infiel e um grupo de homens reunido para prepararem o golpe que estão prestes a cometer… Qual o móbil por detrás desta conspiração assassina? Ódio ao povo negro, vingança pessoal ou busca de ganho fácil?
O relato dos acontecimentos, baseado em factos verídicos, é pretexto de múltiplas digressões, oferecendo-nos um quadro complexo que evoca habilmente a História moçambicana, desde a colonização portuguesa às intrusões perniciosas da África do Sul racista, passando pela insegurança e pela corrupção reinantes em Moçambique no período pós-independência.

Ler Excerto

Sobre autor:
Nasceu em 1935, na Ilha de Moçambique. É licenciada em Serviço Social pelo ISSSL. Depois de viver algum tempo em Inglaterra e no Brasil, regressou definitivamente a Moçambique, em 1971. Tem representado o seu país em vários eventos internacionais e integrou o Conselho Executivo da UNESCO em Paris, de 2001 a 2005. É membro de honra da Associação dos Escritores Moçambicanos, onde já exerceu os cargos de Presidente e Secretária-Geral.
A sua obra encontra-se traduzida em inglês, francês, alemão, italiano e sueco, e representada em várias antologias nacionais e estrangeiras.


Imprensa:
A narrativa de Lília Momplé denuncia as falhas de um corpo social vítima de diversos tipos de violência, deixando-nos um testemunho sobre um momento particular da vida moçambicana.
Plural Pluriel – Revue des cultures de langue portugaise

Neighbours conta a história política de uma nação, muitas vezes esquecida pelo mundo ocidental, de uma forma profunda e provocadora.
Books Live (África do Sul)

Lília Momplé: voz que expande a consciência literária moçambicana.
Literatas – Revista de Literatura Moçambicana e Lusófona
Ler mais »

Novidades

"Caminhos da Fé - Como as religiões do mundo podem conviver em paz" de Dalai Lama

20:26


Compre por: 12,96 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 978-972-0-04573-7
Nº de Páginas: 192
Editora: Albatroz

O que une as religiões do mundo
Dalai Lama propõe soluções para conflitos religiosos em Caminhos da Fé

O líder do budismo tibetano, o Dalai Lama, conhecido pela sua doutrina de não violência, é o autor de Caminhos da Fé, que será publicado no dia 5 de julho com a chancela Albatroz. Esta obra dá a conhecer os principais aspetos que as religiões mais importantes a nível mundial partilham, abre caminhos e propõe soluções concretas para pôr termo aos conflitos religiosos. Através da compaixão, valor comum a todas as religiões e a todos os seres humanos, crentes ou não, o Prémio Nobel da Paz defende o diálogo e cooperação inter-religiosa como forma de alcançar a paz e a realização espiritual.

Sobre a obra:
Nenhum país, cultura ou ser humano está imune aos acontecimentos mundiais, e a globalização apresenta hoje, mais do que nunca, inúmeros desafios. Para o Dalai Lama trata-se do momento ideal para a Humanidade concretizar uma das metas essenciais do século XXI: a promoção de uma coexistência pacífica.
Em Caminhos da Fé, o Dalai Lama demonstra-nos como é possível no mundo globalizado as nações, culturas e indivíduos encontrarem pontos de união através da partilha. Todas as fés defendem que a compaixão é a premissa basilar para uma vida condigna e, nesse sentido, o Dalai Lama advoga que todos os que aspiram à perfeição espiritual devem ser responsáveis pelo auxílio ao desenvolvimento de um reconhecimento profundo da importância das demais fés, pois só dessa forma será possível cultivar o respeito mútuo e a cooperação.
Caminhos da Fé é um olhar auspicioso, mas realista, sobre como a Humanidade pode abraçar um futuro condigno.

Ler Excerto

Sobre autor:
Líder espiritual do povo tibetano, Tenzin Gyatso nasceu em Takster, no Tibete, em 1935. Tinha apenas dois anos de idade quando foi reconhecido como décimo quarto Dalai Lama. Com a ocupação chinesa do território, em 1959, viu-se forçado ao exílio em Dharamsala, no Norte da Índia. Defensor incansável da tolerância e do diálogo entre os povos foi agraciado com o Prémio Nobel da Paz em 1989 como reconhecimento pelo seu longo empenho na libertação não violenta do Tibete.

Imprensa:
-
Ler mais »

Opinião

Opinião: "Soberba Escuridão" de Andreia Ferreira

22:50



mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
Talvez tenha sido mesmo dos primeiros a adquirir este livro, junto da Andreia Ferreira amiga blogger do cantinho d311nh4.blogspot.com/

Após várias tentativas e início de leitura e de oportunidades adiadas, prometi à Andreia que iria ler o livro antes do lançamento do 2º ou bem próximo da data do lançamento do mesmo.
Fica aqui o convite para o lançamento do 2º livro em Braga (cliquem na imagem para ampliar):




Julgando a obra pelo título, pela parte gráfica da capa e pela sinopse, ficaria reticente e apenas com a ideia de que não passaria de uma tentativa de uma estória de vampiros e algo muito ao estilo teenager cheia de corações e paixões… Errado!, mas como disse isto estaria eu apenas a julgar por estes 3 constituintes.

A obra tem um início bastante curioso e misterioso com aquilo que acontece a Carla logo no início, sendo esta a nossa personagem principal, tudo desenvolve à sua volta. As restantes personagens presentes no livro são bastantes definidas e bem descritas, com feitios e conflitos tão naturais como as suas idades, tal como a linguagem e diálogos existentes entre elas. Cada uma tem o seu papel, e entra no momento certo e com a intervenção apropriada à sua personalidade. Os locais onde se desenrolam as diferentes acções estão bem-criados e desenvolvidos, consigo recria-los facilmente através do que nos é escrito. Escuros e sombrios, acolhedores e românticos, animados e mesmo caseiros, são ambientes muito naturais e simples, mas que representam um importante factor na obra.

De um modo geral desde cedo começamos a criar a imagem daquilo que será um desenrolar fantástico e cheio de suspense/surpresas, mas capítulo após capítulo, vamos descobrindo e sendo forçados a reconstruir o nosso esboço mental daquilo que fomos lendo nas páginas anteriores, mesmo assim, por vezes ao terminar um capítulo ficamos tão presos e dependentes da reviravolta que já estamos a ter novamente, e voltamos a pensar que o que tínhamos como hipótese atrás e era inviável, pode novamente ser viável.

Quer na sua escrita simples e directa, somos envolvidos e levados a bom ritmo. Também rica em descrições e de uma narração forte mas não maçuda por ser essencial para o progresso da obra, a Andreia não recorrer a termos portugueses exagerados e àquele tipo de escrita cheia de adjectivos e rica de um cliché literário que notamos em alguns autores nacionais, destaco-a não só pela escrita, mas pela originalidade, criação conseguida e o pelo passo dado no fantástico como sua obra de estreia e conseguido um início perfeito neste mundo.

Caso o livro não tivesse capa, nem referisse locais daqui de Braga, podiam-me propor este livro sem referir o autor e iria certamente dizer que seria de um autor internacional ou de alguém nacional experiente neste género e não de um autor nacional na sua estreia. Não quero com isto menosprezar a qualidade dos autores nacionais, mas tenho preferência pelo fantástico e ela conseguiu pontos que ainda não vi em outros autores nacionais, o que é óptimo e mostra que o talento realmente existe por cá e tem de começar a ser apresentado, sair da mente e passar para papel para todos desfrutarem de boas obras.

A Andreia foi uma surpresa, sem dúvida, ganhou um fã e seguidor do que daquela sua mente criativa possa sair.
Ler mais »

Novidades

"Os Diários Secretos" de Camilla Lackberg

22:03


Compre por: 17,01 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789722050470
Nº de Páginas: 520
Editora: Dom Quixote

Sobre a obra:
O verão está a chegar ao fim e a escritora Erica Falk regressa ao trabalho depois de gozar a licença de maternidade. Agora cabe ao marido, o inspetor Patrik Hedstr¿m, tratar da pequena Maja. Mas o crime não dá tréguas, nem sequer na tranquila cidade de Fjällbacka e, quando dois adolescentes descobrem o cadáver de Erik Frankel, Patrik terá de conciliar os cuidados à filha com a investigação do homicídio deste historiador especializado na Segunda Guerra Mundial. Recentemente, Erica fez uma surpreendente descoberta: encontrou os diários da mãe, com quem teve um relacionamento difícil, junto a uma antiga medalha nazi. Mas o mais inquietante é que, pouco antes da morte do historiador, Erica tinha ido a casa dele para obter informações sobre a medalha. Será que a sua visita desencadeou os acontecimentos que levaram à sua morte? E estará Erica preparada para conhecer os segredos dos diários da mãe? Camilla Läckberg combina com mestria uma história contemporânea com a vida de uma jovem na Suécia dos anos 1940. Com recurso a numerosos flashbacks, a autora leva-nos a descobrir o obscuro passado da família de Erica Falk.

Sobre autor:
-

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Pena Capital" de Robert Wilson

21:47


Compre por: 17,01 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789722050517
Nº de Páginas: 480
Editora: Dom Quixote

Sobre a obra:
Alyshia D’Cruz, filha do magnata indiano Francisco «Frank» D’Cruz, cresceu entre Londres e Mumbai, num meio privilegiado. Mas uma noite, depois de uma festa com muito álcool, Alyshia entra no táxi errado... Charles Boxer, ex-militar e ex-polícia, encontrou a sua vocação na segurança privada. A sua especialidade: raptos e resgates. Mas é uma vida sem raízes, que não impressiona a filha adolescente, Amy, nem a mãe desta, a sargento-detetive Mercy Danquah. Quando D’Cruz contrata Boxer para encontrar Alyshia, este percebe que o complicado império empresarial de Frank lhe valeu muitos inimigos. Apesar da imensa fortuna de D’Cruz, os raptores não querem dinheiro - preferem um jogo cruel e letal. Mas o governo do Reino Unido não quer que o seu novo grande investidor perca a filha no centro da capital. Agentes do MI6 na Índia seguem as pistas de Boxer e, quando o rasto se cruza com uma conspiração terrorista em Londres, depressa se torna aparente que não é apenas a vida de Alyshia que está em causa. Para salvar Alyshia, Boxer tem de fintar fanáticos religiosos, mafiosos indianos e senhores do crime londrinos. Pena Capital é uma viagem arrepiante ao lado negro de pessoas e lugares que estão escondidos, à espera do momento certo para destruir uma vida.

Sobre autor:
Robert Wilson nasceu em 1957.
Doutorado pela Universidade de Oxford, trabalhou em navegação, publicidade e comércio em África, e viveu na Grécia e na África Ocidental. Divide o seu tempo entre Inglaterra (Oxford) e Portugal, sendo proprietário de uma pequena quinta no Alentejo.
É autor de dez romances de sucesso. Destacamos A Companhia de Estranhos (2009) e o quarteto de Sevilha: O Cego de Sevilha (2004); As Mãos Desaparecidas (2006); Assassinos Escondidos (2007); e A Ignorância do Sangue (2009) obras que revelaram e celebrizaram o inspector jefe Javier Falcón.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"A Conquista do Sertão" de Guilherme Ayala Monteiro

21:40


Compre por: 12,51 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789724621005
Nº de Páginas: 196
Editora: Casa das Letras


Sobre a obra:
1888: Pedro Costa, um jovem herdeiro ribatejano, desembarca em Benguela no paquete Zaire para resgatar os erros cometidos pela mão das ilusões da vida boémia lisboeta, deixando para trás um primeiro amor não resolvido. Trilhando um caminho irregular e agreste como o sertão africano, que se vai dividindo, ao longo dos anos, entre conquistas e derrotas, entre os perigos desmedidos e os encantos invencíveis de Angola, Pedro Costa persiste na busca de um único destino. Nada o detém ou faz esmorecer a sua perseverança: nem as suas aventuras e desventuras comerciais, as sublevações dos Quilengues, a proclamação da República na metrópole ou o desaire comercial das suas empresas provocado, em 1914, pelo início da Primeira Guerra Mundial. A concretização do seu sonho e do seu destino cumpre-se, já no final da vida, através da aquisição da Quilemba, uma fazenda de cultivo de algodão e café, projeto que ganha força e prospera após a sua morte, cumprindo o desígnio do seu dono, quando partiu de Lisboa, décadas antes.

Sobre autor:
-

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"O detective Esqueleto - Dias Negros" de Derek Landy

22:34


Compre por: 12,96 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 978-972-0-04366-5
Nº de Páginas: 288
Editora: Porto Editora

Dias Negros
Quarto volume de O Detetive Esqueleto, de Derek Landy

A Porto Editora publica, a 2 de julho, Dias Negros, o quarto volume da coleção O Detetive Esqueleto, da autoria do escritor e argumentista irlandês Derek Landy.
Neste novo livro, o Mundo pode acabar a qualquer momento. Skulduggery Pleasant, o peculiar detetive, continua desaparecido, depois de ter sido sugado para uma realidade paralela. E não há um plano para o salvar.
Esta série, cujo primeiro título foi eleito Melhor Livro para Jovens Adultos pela American Library Association, tem um grande número de fãs em Portugal, facto que confirma a existência de um público fiel às obras juvenis de cariz policial. A Porto Editora publica, também, com grande êxito, a coleção CHERUB, de Robert Muchamore – autor que esteve recentemente em Portugal, contactando com centenas de fãs, na Feira do Livro do Porto.

Sobre a obra:
Skulduggery Pleasant continua em lugar incerto, do outro lado do portal, numa realidade paralela dominada pelos Sem Rosto. Conseguirá ele sobreviver? (Sim, OK, ele já está morto, mas mesmo assim…)
O Santuário não tem um plano para o salvar e todas as esperanças recaem em Valkyrie. Com Skul desaparecido, um gangue de vilões quer destruir o Santuário e ver Valkyrie morta. Como se tudo isto não bastasse, uma feiticeira de seu nome Escurezza pretende destruir o Mundo e todos os humanos.
São, sem dúvida, Dias Negros.


Ler Excerto

Sobre autor:
Antes de enveredar pela carreira de escritor, Derek Landy viveu algumas aventuras. Lutou contra um urso selvagem na ladeira de uma montanha, desbaratou uma praga de crimes que subitamente invadiu a cidade e encontrou a Cidade de Ouro Perdida.
(Infelizmente, já não sabe onde fica a Cidade de Ouro Perdida, porque é
incapaz de se recordar da localização exata da árvore que tinha como referência.)
Vive em Dublin, na Irlanda, onde divide o seu tempo entre a escrita de livros e argumentos, e o treino do seu Exército de Pestinhas para o proteger dos ninjas.

Imprensa:
Entre um detetive morto e uma adolescente, os maus nem sabem o que os espera.
Jornal de Letras

O sucesso do Detetive Esqueleto foi quase imediato, criando uma legião de jovens fãs, muitos deles vindos das hostes do Mago Harry Potter.
Os Meus Livros

A escrita do irlandês Derek Landy está cada vez mais refinada no que respeita ao humor e às cenas de intensa aventura e mistério.
Fórum Estudante
Ler mais »

Opinião

Opinião: "Uncharted - O Quarto Labirinto" de Christopher Golden

12:41



mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
“No Mundo Antigo, havia um mito acerca de um Rei, um Tesouro e um Labirinto infernal. Agora as portas desse inferno voltam a abrir-se.”

Uncharted – O Quarto Labirinto trata-se de um livro com um ritmo alucinante, ou não fosse ele adaptado de um videojogo, com uma história cativante baseada em mitos e lendas antigos, um desenrolar de acontecimentos que nos prendem e nos tiram o fôlego, com personagens inteligentes, complexas e cheias de personalidade e com uma escrita agradável, fluída e capaz de nos colocar profundamente dentro do enredo.
O livro inicia-se logo com uma fuga vertiginosa, onde nos é apresentada a personagem Nathan Drake, um caçador de tesouros aventureiro e com um sentido de humor “negro” e mordaz, mas que no fundo é uma boa pessoa com um coração “mole”. Chamado a Nova-Iorque pelo seu melhor amigo e mentor Victor Sullivan, ele não hesita um segundo em deixar de lado as suas férias para acudir ao apelo de Sully.
Sully, um excêntrico “negociante de aquisição de antiguidades”, velho companheiro de Nate, fica destroçado pelo estranho homicídio de um seu amigo arqueólogo, aparentemente relacionado com a sua investigação acerca de um mistério antigo. Mas mais ainda, vê-se na necessidade de proteger a todo o custo a sua “sobrinha de coração”, Jada, uma jovem mulher frágil na aparência, mas que se irá revelar muito mais forte que todos eles.
Perante a urgência de descobrir os assassinos do pai de Jada, torna-se necessário o envolvimento destas três personagens na descoberta de um segredo antigo relacionado com a alquimia, um conjunto de labirintos por explorar e um tesouro incalculável.
Mas esta demanda não será pacífica e segura como uma normal exploração arqueológica, bem pelo contrário. Existem pessoas que não estão interessadas em que tal segredo seja descoberto e outras que querem apoderar-se desse segredo para seu próprio benefício.
O enredo do livro é, de facto, admirável e muito bem construído, com surpresas “a cada esquina”, descobertas impressionantes, revelações que nos tiram o fôlego e um ritmo alucinante que nos faz virar as páginas com uma enorme e irresistível expetativa de descobrir o que se seguirá e nos perdermos neste Uncharted – O Quarto Labirinto!

Cristina Oliveira - Vencedora do Passatempo
Ler mais »

Divulgação

[Guerra e Paz] Lançamento: "Ídolos, Sonho e Televisão" de Pedro Boucherie Mendes | Presença de Manuel Moura dos Santos e Laurent Filipe

22:19

Serve o presente post para avisar que a hora do evento foi alterada referido já não será às 18h30, mas sim às 18h.

O lançamento vai contar com a presença de ex-concorrentes como: Diana Piedade, Maria Sturken, Raquel Pinho, Adriano Correia entre outros.
Desta edição vão André Abrantes, Catarina Almada, Mónica Mendes, Paulo Marques e Solange Muxanga.

Os ex-jurados Laurent Filipe e Manuel Moura dos Santos também vão estar presentes.
Ler mais »

Passatempo

Passatempo - "Números - Luta contra o tempo" de Rachel Ward

22:01

Olá a todos!
O Clube dos Livros apresenta um novo passatempo com o apoio da Vogais

Temos para oferta 1 exemplar

"Números - Luta contra o tempo" de Rachel Ward

O passatempo terminará Sábado dia 30 às 23:59h (daí só serão aceites as participações feitas até essa hora/data), o vencedor será anunciado aqui no blogue e contactado via e-mail após realização de sorteio e publicação do resultado.

O vencedor será sorteados aleatoriamente, na mesma aplicação (com suporte do random.org) que se realizaram anteriores sorteios de passatempos aqui do blogue, entre os que preencham todos os dados pedidos do formulário abaixo.



Importante:

_ Só será aceite uma participação por pessoa e e-mail;

_ Só serão aceites participações de pessoas residentes em Portugal (Continente e Ilhas);

_O envio do prémio não contém qualquer encargo ou custo ao vencedor; Também não somos responsável por quaisquer danos, extravio ou não recepção do mesmo.

_ Em caso de não concordar com algum dos pontos referidos, deverá abster-se de participar.

Só me resta desejar boa sorte!



Passatempo Terminou
Ler mais »

Passatempo

Passatempo - "Wicked Lovely (Amores Rebeldes)" de Melissa Marr

21:11

Olá a todos!
O Clube dos Livros apresenta um novo passatempo com o apoio da Saída de Emergência.

Temos para oferta 1 exemplar

"Wicked Lovely (Amores Rebeldes)" de Melissa Marr

O passatempo terminará Sábado dia 30 às 23:59h (daí só serão aceites as participações feitas até essa hora/data), o vencedor será anunciado aqui no blogue e contactado via e-mail após realização de sorteio e publicação do resultado.

O vencedor será sorteado aleatoriamente pela editora entre os que preencham todos os dados pedidos do formulário abaixo, correctamente.


Importante:

_ Só será aceite uma participação por pessoa e e-mail;

_ Só serão aceites participações de pessoas residentes em Portugal (Continente e Ilhas);

_O envio do prémio não contém qualquer encargo ou custo ao vencedor; Também não somos responsável por quaisquer danos, extravio ou não recepção do mesmo.

_ Em caso de não concordar com algum dos pontos referidos, deverá abster-se de participar.

Só me resta desejar boa sorte!




Passatempo Terminou
Ler mais »

Follow on Facebook