Novidades

Harper Collins | "Dentes de Dragão" de Michael Crichton

março 15, 2019

15,93 € | 288 pág


Sobre livro:
1876. Nos territórios sem lei do Velho Oeste, dois grupos de exploradores enfrentam-se um ao outro. O motivo da disputa? Ossos de dinossauro. Mas numa terra pejada de tribos de índios hostis e lugarejos onde os tiroteios estão na ordem do dia, cada façanha põe as suas vidas em perigo. William Johnson, um estudante com mais privilégios do que sensatez, dá por si imerso neste ambiente letal após ter feito uma aposta impetuosa. Juntamente com Edwin Drinker Cope, um afamado paleontólogo, deparou com uma memorável descoberta -dentes de dragão de tamanho exorbitante!
Mas para manter o precioso tesouro a salvo, William tem de fazer frente às mais perigosas e notáveis personagens…

Sobre autor:
Michael Crichton nasceu em Chicago em 1942. Entre os seus livros destacamos O Resgate no Tempo, Presas , Estado de Pânico e Next , todos publicados em Portugal. É também conhecido como o criador da popular série ER, Serviço de Urgência e O Parque Jurássico. Crichton é um dos mais populares escritores da atualidade, vendeu mais de 150 milhões de livros em todo o mundo, que foram traduzidos para trinta e seis línguas. Treze dos seus livros, foram adaptados ao cinema. Continua a ser o único autor que acumulou o primeiro lugar dos tops com um livro, um filme e uma série televisiva. Em Território Pirata foi descoberto entre os seus ficheiros, após a sua morte em 2008.

Imprensa:
«Uma história bem contada e divertida, pejada de suspense, reviravoltas na ação, pistas falsas, perigos à espreita e finais abruptos em cada capítulo. Quando acabar, o leitor vai querer mais.»
USA Today

«Uma leitura divertida e fascinante.»
Sundaytimes

«Recheada de pitorescas personagens do faroeste.»
Washington Post
Ler mais »

Novidades

SdE | "Seca" de Jarrod Shusterman e Neal Shusterman

março 15, 2019

15,93 € | 320 pág


Sobre livro:
Quando a seca atinge proporções catastróficas, há decisões que não podem esperar. A seca já dura há muito tempo na Califórnia. E a vida da população tornou-se uma interminável lista de proibições: proibido regar a relva, proibido encher a piscina, proibido lavar o carro ou tomar duches longos. Até que as torneiras secam de vez. E é assim que, de repente, o tranquilo bairro onde Alyssa Morrow vive se transforma numa zona de guerra, onde vizinhos e famílias, outrora solidários, se digladiam em busca de água. 

Quando os pais da jovem não regressam e a sua vida é ameaçada, Alyssa tem de tomar decisões impossíveis se quiser sobreviver. Um thriller fantástico que pode acontecer ainda no nosso tempo... e na nossa rua.

Sobre autor:
Jarrod Shusterman vive em Los Angeles, escreve para cinema e televisão e é realizador de anúncios publicitários. Com o pai, Neal Shusterman, está a adaptar o livro Seca para cinema. Pode consultar o Instagram do autor em @JarrodShusterman.

Neal Shusterman cresceu em Brooklyn e vive na Califórnia. É um autor premiado de livros para crianças, jovens e adultos e escreve para cinema e televisão. Pode consultar a página do autor em Storyman.com.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Suma de Letras | "Uma Gaiola de Ouro" de Camilla Läckberg

março 15, 2019

18,81 € | 408 pág


Sobre livro:
Uma história dramática sobre fraude, redenção e vingança.

Aparentemente, Faye parece ter tudo. Um marido perfeito, uma filha que muito ama e um apartamento de luxo na melhor zona de Estocolmo. No entanto, algumas memórias sombrias da sua infância em Fjällbacka assombram-na e ela sente-se cada vez mais como se estivesse presa numa gaiola de ouro.

Antes de desistir de tudo pelo marido, Jack, era uma mulher forte e ambiciosa. Quando ele a engana, o mundo de Faye desmorona-se e ela tudo perde, ficando completamente devastada. É então que decide retaliar e levar a cabo uma cruel vingança…

Uma Gaiola de Ouro é um romance destemido sobre uma mulher que foi usada e traída, até tomar conta do próprio destino.

Sobre autor:
Nascida em 1974, Camilla Läckberg licenciou-se na Universidade de Economia de Gotemburgo antes de se mudar para Estocolmo, onde foi economista durante alguns anos. Contudo, um curso sobre escrita criativa de livros policiais despoletou uma mudança drástica de carreira. Foi considerada a escritora sueca do ano em 2004 e 2005, e os seus quatro primeiros livros atingiram o primeiro lugar no top de vendas da Suécia. Actualmente, a autora vive com os dois filhos em Estocolmo.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Bertrand Editora | "Samitério de Animais" de Stephen King

março 15, 2019

16,92 € | 472 pág


Sobre livro:
Louis Creed, jovem médico de Chicago, acredita que encontrou o seu lugar naquela pequena cidade do Maine. Uma boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos. Num dos primeiros passeios para explorar a região, descobre um cemitério de animais de estimação no bosque próximo da sua casa, ao qual se vê obrigado a recorrer depois de o seu gato ter sido morto por um camião num trágico acidente. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram os seus animais de estimação. 

Para além dos pequenos túmulos, onde uma caligrafia infantil regista o primeiro contato com a morte, há um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai as pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas, capazes de tornar realidade o que sempre pareceu impossível. 

A princípio, Louis diverte-se com as histórias fantasmagóricas de Crandall, o vizinho de 80 anos. No entanto, aos poucos, começa a perceber que o poder da sua ciência tem limites.

Sobre autor:
Stephen King, apelidado por muitos de «mestre do terror», escreveu mais de quarenta livros, incluindo a série A Torre Negra e clássicos como Carrie, The Shining ou Misery. Vencedor do prestigiado National Book Award e nomeado Grande Mestre nos prémios Edgar Allan Poe de 2007, conta hoje com mais de trezentos milhões de exemplares vendidos em cerca de trinta e cinco países. Números e um currículo impressionantes a fazerem jus ao seu estatuto de escritor mais bem pago do mundo. www.stephenking.com

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Marcador | "A Biblioteca Secreta de Leonardo" de Francesco Fioretti;

março 15, 2019

15,21 € | 264 pág


Sobre livro:
Thriller com Leonardo da Vinci
Um grande génio sempre em busca da verdade.
Um famoso matemático confrontado com um homicídio terrível.

Milão, 1496. Leonardo da Vinci estava desejoso de conhecer o frade Luca Pacioli, famoso matemático e aprendiz de Piero della Francesca. Enquanto espera na cela do mosteiro do frade, Leonardo debruça-se sobre uma pintura, surpreendido com as suas alegorias e as suas referências à geometria euclidiana: cada detalhe devia ter sido escolhido pelo próprio Pacioli. Para Leonardo, sedento de conhecimento, a matemática, que ele não tivera oportunidade de aprender, sempre fora a mais sublime de todas as ciências. 

Foi para aprender com ele que convidou o frade franciscano a ir a Milão. O encontro de ambos, no entanto, é perturbado pelo assassínio do ocupante da cela ao lado da de Pacioli: um autointitulado sacerdote que é, na realidade, um ladrão. Roubara alguns textos bizantinos antigos chegados a Itália após a ruinosa cruzada de Sigismondo Malatesta na Moreia. Leonardo e Pacioli têm um grande interesse nesses livros que desapareceram com o assassino...

Neste quadro inesquecível da Itália renascentista, Francesco Fioretti guia-nos através dos anos mais prolíficos e intrigantes de Leonardo - os da Última Ceia, do Homem de Vitrúvio, da criação de máquinas surpreendentemente modernas - envolvendo-nos numa atmosfera cheia de mistério durante a investigação de um crime.

Sobre autor:
Francesco Fioretti (1960) é professor de literatura italiana. Entre 2012-15 fez o seu doutoramento na Universidade de Eichstätt, Alemanha. Il libro segreto di Dante, o seu romance de estreia (2011) recebeu excelentes críticas, chegou às listas de bestsellers italianos e permaneceu lá durante meses. Escreveu ainda Il quadro segreto di Caravaggio, La Profezia di Dante (2012 e 2013) e La Selva Oscura. Il grande romanzo dell’Inferno, a primeira versão em prosa moderna do Inferno de Dante, publicada em 2015.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Editorial Presença | "Não Desistas" de Harlan Coben

março 14, 2019

15,75 € | 288 pág



Sobre livro:
Neste impressionante novo thriller, Harlan Coben, no seu estilo inconfundível, explora os grandes segredos e as pequenas mentiras que podem destruir uma relação, uma família e até mesmo uma cidade.

Napoleon Nap Dumas, detetive na área de Nova Jérsia, é agora uma pessoa muito diferente do que era no final da adolescência quando Leo, seu irmão gémeo, e Diana, a namorada deste, foram encontrados mortos sobre uma linha férrea. Além disso, Maura, o amor da sua vida, rompera com ele, desaparecendo sem qualquer explicação. Durante 15 anos, Nap não desistiu de procurar Maura, nem de descobrir os motivos da morte do irmão.

Agora, parece que irá finalmente saber a verdade, Quando as impressões digitais de Maura aparecem no carro alugado de um suspeito de homicídio, Nap inicia uma investigação em busca de respostas que apenas o levarão a mais perguntas - sobre a jovem que ele amava, sobre os amigos de infância que julgava conhecer, sobre a base militar desativada nas redondezas do local onde cresceu e, em especial, sobre Leo e Diana - cujas mortes são mais obscuras e sinistras do que Nap alguma vez imaginou.

Sobre autor:
Harlan Coben nasceu em Newark, New Jersey, Estados Unidos da América. Após ter terminado o curso em Ciência Política, trabalhou na indústria de viagens. Foi o primeiro autor a vencer os três prémios mais prestigiados da literatura policial nos EUA, o Edgar Award, o Shamus Award e o Anthony Award. A sua obra encontra-se atualmente traduzida em cerca de 41 línguas e conta com mais de 50 milhões de exemplares vendidos. A crítica, desde o New York Times, ao Wall Street Journal ou ao Le Monde, tem-lhe dispensado as mais elogiosas referências. A Presença tem publicado muitos dos seus bestsellers nesta coleção, entre os quais os títulos Falta de Provas, A Verdade nos Olhos e Apenas Um Olhar.

Imprensa:
«Harlan Coben é um mestre na arte de prender o leitor desde a primeira página... e deixá -lo estupefacto na última.»
Dan Brown, escritor

«Simplesmente um dos grandes escritores de sempre.»
Gillian Flynn, escritora

«Harlan Coben é um fenómeno - o autor norte-americano mais genuíno de thrillers; nunca desilude o leitor. É notável a sua extraordinária capacidade para continuar a escrever histórias tão impressionantes.»
The Times

«Ernest Hemingway teria, por certo, aprendido algumas dicas com o estilo de escrita direto e profundo de Harlen Coben.»
Revista Forbes

«Um dos melhores autores contemporâneos de livros de suspense.»
The Huffington Post
Ler mais »

Novidades

Edições ASA | "O Fim da Solidão" de Benedict Wells

março 14, 2019

16,11 € | 311 pág


Sobre livro:
Jules Moreau tem onze anos quando os pais morrem num acidente de carro. Nessa noite, a sua infância termina. Segue-se a ida para um colégio interno, juntamente com os dois irmãos mais velhos. Pouco a pouco, os laços que os unem quebram-se. Jules isola-se, alimentando-se das suas memórias; Marty refugia-se ferozmente nos estudos; e Liz procura todas as formas de evasão possíveis para preencher o vazio. 

O único consolo do protagonista advém dos momentos que passa na companhia de uma menina ruiva chamada Alva. As duas crianças lêem, ouvem música, partilham o silêncio das tardes no colégio. E nunca falam sobre si mesmas. 

Quinze anos mais tarde, os irmãos afastaram-se irremediavelmente uns dos outros. Jules, que continua a reviver o passado interrompido, apenas encontra alento no sonho de se tornar escritor e na ânsia de reencontrar Alva. E quando, por uma vez, tudo parece subitamente possível, uma força invisível - talvez o destino - volta a intervir. 

O fim da história de Jules está ainda por acontecer.

Sobre autor:
Benedict Wells nasceu em 1984 em Munique, e aos seis anos frequentava já o seu primeiro – de três – colégios internos. Foi em 2003, ao mudar-se para Berlim, que decidiu dedicar-se à escrita, enquanto se ia sustentando com empregos diversos. O seu romance de estreia, Becks letzter Sommer, não tardou a ser premiado e adaptado ao cinema. A consagração definitiva chegou mais tarde com O Fim da Solidão, que demorou sete anos a escrever e é inspirado em factos da vida do autor. O Fim da Solidão é o seu quarto romance, e venceu o Prémio de Literatura da União Europeia. Até ao momento, foi traduzido para 30 línguas. Nas palavras do autor, que considera esta obra uma catarse, "Este foi o livro que eu tive de escrever. Os próximos são os livros que eu quero escrever. Agora sinto-te totalmente livre". Atualmente, após uma temporada em Barcelona, o autor divide o seu tempo entre Berlim e a Baviera.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Edições ASA | "Uma Luz em Nova Iorque" de Liv Morris

março 14, 2019

15,21 € | 256 pág


Sobre livro:
Tessa Holly acaba de aterrar em Nova Iorque. No coração, traz o sonho de viver na cidade que nunca dorme. Na bagagem, carrega o CV, que tenciona distribuir até conseguir o emprego que mais deseja: trabalhar numa editora.

Não está nos seus planos apaixonar-se e ou ceder a tentações… menos próprias. 
Mas uma troca de olhares com um sensual desconhecido fá-la vacilar. Felizmente, o momento é interrompido… pela bela acompanhante dele. 

Tessa, porém, não o esquece. E não podia adivinhar que voltaria a encontrá-lo. E ele é:
Autoritário.
Encantador.
Lindo de morrer.
…e o seu novo patrão!

Pois Barclay Hammond é o CEO de uma prestigiada editora e o solteirão mais cobiçado de Nova Iorque. A atração entre ambos é eletrizante. Mas há um grande problema. As regras da editora proíbem relacionamentos íntimos. E Tessa não está disposta a abdicar do seu sonho. 

Conseguirá ela conquistar um lugar entre as mil luzes de Nova Iorque? 
Ou deitará tudo a perder num momento de derradeiro abandono?

Sobre autor:
Liv Morris é autora bestseller do USA Today. Cresceu nas belas montanhas de Ozark, no Missouri. É formada em Comunicação pela Universidade de Maryland, mas a sua verdadeira paixão é a escrita. Desde que se casou que passa a vida a mudar de casa, mas Liv já se habituou a florescer onde quer que seja plantada. O importante é ter a família por perto.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Lua de Papel "Os Ensinamentos de Don Juan" de Carlos Castaneda

março 14, 2019

14,85 € | 264 pág


Sobre livro:
O clássico de Carlos Castaneda que abriu novas portas à perceção da realidade.

Em 1960, um estudante de Antropologia da Universidade da Califórnia (UCLA) começou a pesquisar plantas medicinais usadas pelas tribos do Arizona. Numa das suas viagens, numa cidade na fronteira com o México, conheceu um velho índio de cabelos brancos que, diziam, era um grande conhecedor de plantas. Diziam também que era um brujo, ou, se quisermos, um xamã. 

O jovem foi ter com ele à procura de conhecimento - estava especialmente interessado num cacto com propriedades alucinogénicas, o peyote, também conhecido por mescalito. O estudante chamava-se Carlos Castaneda. O índio era Don Juan. E, em Junho de 1961, aceitou finalmente iniciar o jovem no xamanismo. Nos encontros que se seguiram, Castaneda dialogou longamente com o mestre. E sob o efeito do mescalito, de cogumelos e erva do diabo, sentiu a presença dos espíritos. Viu xamãs transmutados em lobos, encarou a morte sob a forma de um corvo prateado… Recolheu então as notas do seu diário, voltou para a universidade, e nos dois anos seguintes sistematizou-as e deu-lhes a forma de um livro.

A obra, Os Ensinamentos de Don Juan, foi publicada em 1968 - e mudou para sempre a nossa perceção da realidade.

Sobre autor:
-

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Dom Quixote | "Palmeiras Bravas | Rio Velho" de William Faulkner

março 14, 2019

15,93 € | 304 pág


Sobre livro:
Neste romance intenso e belo, Faulkner entrelaça duas absorventes narrativas, cada uma iluminando a outra com grande subtileza. 

Na primeira, Palmeiras Bravas, uma mulher abandona marido e filhos para embarcar com o amante numa arrebatada fuga para o deserto da paixão ilícita, deixando para trás as responsabilidades da maternidade e de uma vida respeitável. 

A segunda, Rio Velho, conta-nos a história de sobrevivência de um condenado que foge da prisão e que, enfrentando a grande cheia de 1927 do rio Mississípi, arrisca a sua liberdade para resgatar uma mulher grávida prestes a dar a luz.

A partir destas duas histórias - que o autor organizou em capítulos alternados -, Faulkner compõe uma sinfonia de libertação e condenação, sobrevivência e auto-sacrifício. Um romance engenhoso e inovador, com uma prosa de suster a respiração, e em que todas as páginas estão impregnadas com a presença física do Sul imaginário de Faulkner.

Sobre autor:
William Faulkner nasceu a 25 de setembro de 1897 em New Albany, Mississípi. A decadência do sul dos Estados Unidos da América, onde sempre viveu, está no centro de grande parte dos seus romances, entre os quais se destacam O Som e a Fúria (1929), Luz em Agosto (1932) e Absalão, Absalão! (1936). Distinguido com o Prémio Nobel da Literatura em 1949, recebeu por duas vezes o Prémio Pulitzer de Ficção, com A Fábula (1954) e Os Ratoneiros (1962). Autor central da literatura norte-americana e um dos maiores escritores do século XX, morreu a 6 de julho de 1962.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Editorial Planeta | "Duas Irmãs, Um Rei" de Philippa Gregory

março 14, 2019

19,76 € | 632 pág


Sobre livro:
Separadas pelo amor, unidas pelo sangue

Maria Bolena, uma jovem de catorze anos chama a atenção de Henrique VIII quando chega à corte. 
Deslumbrada pelo Príncipe Dourado, a alegria de Maria dura pouco, pois apercebe-se que não passa de um peão nas jogadas políticas da sua ambiciosa família.

À medida que o interesse do rei esmorece, vê-se forçada a afastar-se para dar o lugar à sua melhor amiga e rival – a irmã Ana – e a ensiná-la como agradar ao rei. 

Ana depressa se torna irresistível para Henrique, e Maria nada pode fazer a não ser assistir à ascensão da irmã. Nada impede Ana de atingir a posição que deseja. A partir desse momento, Maria passa a ser a outra Bolena, mas há um homem que se atreve a desafiar o poder da família e oferece a Maria uma vida de liberdade e paixão… se ela tiver coragem de fugir, antes que os inimigos dos Bolena se voltem contra ela. 

E Maria sabe que tem de desafiar a família.

Sobre autor:
Philippa Gregory já era uma escritora aclamada quando se interessou pelo Período Tudor. Este foi o passo que catapultou a sua carreira literária, sendo hoje uma das autoras de romance histórico mais lidas em todo o mundo.
Atualmente vive com a família numa quinta, no Yorkshire, e dedica-se, além da escrita, à investigação histórica.
É fundadora da organização «Gardens for Gambia» responsável pela construção de cerca de 200 escolas primárias naquele país. Um dos projetos desta organização é a criação de hortas nas escolas a fim de providenciar a alimentação e desenvolvimento das comunidades.

Imprensa:
«A pesquisa de Gregory é impecável, o que torna a sua ficção imaginativa ainda mais convincente.»
Daily Mail

«Escrita por instinto e de forma calculada, e isso nota-se.»
Peter Ackroyd, The Times
Ler mais »

Novidades

Elsinore | "Ragnarök - O Fim dos Deuses" de A. S. Byatt

março 14, 2019

14,93 € | 160 pág


Sobre livro:
Enquanto as bombas da Blitz arrasam a cidade de Londres, uma menina de cinco anos, posta a salvo no paraíso do campo inglês, encontra companhia na leitura de um grande volume encadernado sobre os mitos nórdicos. Ódin, Loki, Baldur e a terra de Midgard desfilam avidamente pelos seus olhos, tornam-se nomes e locais familiares, abrindo uma janela para a exploração de um mundo que é, afinal, espelho do seu.

Um livro encantatório, no qual a intensidade autobiográfica e a reconstrução poética dos mitos nórdicos contribuem para delinear um inquietante paralelismo entre o Crepúsculo dos Deuses e a destruição dos recursos do planeta por parte da nossa civilização.

Sobre autor:
A. S. Byatt nasceu em 1936 no Yorkshire. Foi professora de literatura até 1983, momento em que passou a dedicar-se unicamente à escrita. Foi galardoada com numerosos prémios, entre os quais o Booker Prize for Fiction de 1990 pelo romance Possessão. Colabora regularmente com os jornais Times Literary Supplement, The Independent e Sunday Times, e também com programas radiofónicos e televisivos da BBC. Possessão foi adaptado ao cinema, num filme protagonizado por Gwyneth Paltrow e Aaron Eckart.

Imprensa:
«Byatt criou um novo mundo, sucinto mas vibrante em pormenores. Com escritoras assim, quem precisa de deuses?»
Observer

«A prosa de Byatt é majestosa, e é um prazer perdermo-nos em todas as luxuriantes descrições, belíssimas num momento e, logo a seguir, violentíssimas.»
Sunday Telegraph

«Poético e urgente.» 
The Times
Ler mais »

Novidades

SdE | "O Navegador" de Clive Cussler e Paul Kemprecos

março 13, 2019

15,93 € | 400 pág


Sobre livro:
A equipa NUMA está de volta com uma aventura surpreendente através do tempo e do espaço que poderá transformar o mundo para sempre.

Há alguns anos, uma antiga estátua fenícia conhecida como O Navegador foi roubada do Museu de Bagdad, e agora há homens dispostos a tudo para lhe deitarem as mãos. A primeira vítima é um negociante de antiguidades, assassinado a sangue-frio. Não fosse a ajuda atempada de Austin e Zavala, e a segunda vítima, um investigador da ONU, estaria num túmulo aquático. 

Austin questiona-se o que tem de tão especial aquela estátua. A busca por respostas vai levar a equipa NUMA numa odisseia surpreendente através do tempo e do espaço, que envolve os tesouros perdidos do rei Salomão, um misterioso pacote de documentos codificado pessoalmente por Thomas Jefferson e um projeto científico secreto que poderá transformar o mundo para sempre. E isso antes de as surpresas começarem…

Sobre autor:
Clive Cussler cresceu em Alhambra, California. Por dois anos estudou no Pasadena City College e depois alistou-se na força aérea durante a Guerra da Coreia, onde cumpriu serviço como mecânico, engenheiro e técnico de vôo.No regresso tornou-se director criativo em duas agências de publicidade multinacionais, onde ganhou vários prémios, um deles atribuído pelo prestigiado Cannes Film Festival.Cussler escreve desde 1965 e entre o seu trabalho encontramos 2 livros de não ficção que lhe valeram um Doctor of Letters Degree em maio de 1997. Tal graduação não era atribuída desde 1874.Cussler é o fundador da NUMA (National Underwater & Marine Agency) uma organização não-lucrativa que se dedica à investigação da história marítima e naval. Cussler e os seus peritos da NUMA descobriram mais de 60 navios afundados, oferecendo o fruto do seu trabalho a universidades e governos um pouco por todo o mundo. Foi honrado com vários prémios de clubes de exploradores americanos e até ingleses pelo seu trabalho de exploração sub-aquática.Hoje divide o seu tempo entre as montanhas do Colorado e os desertos do Arizona.Saiba os seus hobbies e o que descobriu em:www.numa.net

Paul Kemprecos nasceu a 11 de março de 1939 e é jornalista e escritor de thrillers de aventura e mistério, sobretudo relacionados com achados arqueológicos e com determinados períodos da História. Ganhou um Shamus Award pela sua obra de ficção com a temática de aventura submarina. 

Começou a colaborar com Clive Cussler depois de este último fazer uma crítica muito positiva a um dos seus livros. Desde então a colaboração manteve-se para a série NUMA. Pode consultar a página do autor em www.paulkemprecos.com.

Imprensa:
«Cussler é capaz de deixar qualquer um sentado na ponta da cadeira.»
Booklist
Ler mais »

Novidades

Editorial Planeta | "Entre as Mentiras" de Michelle Adams

março 13, 2019

16,16 € | 280 pág


Sobre livro:
Chloe Daniels tem um grave acidente e desperta do coma no hospital.
Um dos problemas com que se depara é não se lembra de quem é e porque está no hospital, além disso não sabe quem são os estranhos que insistem que são a família.
Sendo o pai psiquiatra, propõe-se a ajudar Chloe a recuperar as memórias, mas ela sente instintivamente que os pormenores que os pais e a irmã lhe contam não são a verdade.
Chloe sente que ocultam segredos obscuros e, determinada em descobrir tudo, vai fazendo a sua investigação, só não sabe que quando a verdade for revelada terá consequências devastadoras.

A verdade está escondida entre as mentiras.
O que faria se acordasse e não soubesse quem era?
E se o seu passado permanecesse um mistério?

«Olhos abertos, arregalados. Não é um despertar contínuo, não há qualquer pausa suave entre o sonho e a realidade. É rápido, como o arrancar de um penso, o golpe afiado de uma faca. Estou sem fôlego e suada. Memórias do sonho dissipam-se à medida que olho em redor, fazendo um esforço consciente por me lembrar de onde estou. Que estou segura. Que estou viva.
Viro-me, arranco a cara à almofada e sento-me na cama; o único som é o de uma chuva delicada a embater na janela. Esfrego os olhos e oiço uma porta a abrir-se e fechar-se. Passos nas escadas, o zunzum de vozes na cozinha.
Uma família.
Dizem-me que me chamo Chloe.»

Sobre autor:
Michelle Adams cresceu em Inglaterra e agora vive no Chipre, onde trabalha em part-time como cientista. Leu um dos romances de Stephen King quando era muito nova e ficou viciada em suspense desde então. Depois de publicar Se Conhecessem a Minha Irmã, publicou um novo livro, Entre as Mentiras.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Marcador | "A Revolta de Atlas - Volume 2" de Ayn Rand

março 13, 2019

17,96 € | 384 pág


Sobre livro:
Na mitologia grega, o titã Atlas recebe de Zeus o castigo eterno de carregar sobre os ombros o peso dos céus.

Neste romance de Ayn Rand, os pensadores, os inovadores e os indivíduos criativos suportam o peso de um mundo decadente enquanto são explorados por parasitas que não reconhecem o valor do trabalho e da produtividade e que se valem da corrupção, da mediocridade e da burocracia para impedir o progresso individual e da sociedade. Mas até quando irão aguentar?

A Revolta de Atlas é uma revolução intelectual com uma trama brilhante e um suspense irresistível. 

É um bestseller profético que, 62 anos depois da sua publicação, continua a vender mais de meio milhão de exemplares anualmente, em parte porque explica e prevê a crise que o mundo enfrenta hoje.

Sobre autor:
Ayn Rand (1905-82), nasceu com o nome de Alisa Rosenbaum, em São Petersburgo, na Rússia, e emigrou com a sua família, para os EUA, em 1926, nunca mais regressando à sua pátria mãe. 

O seu romance The Fountainhead, publicado em 1943, tornou-se de imediato um bestseller. Escrevendo também para cinema, Rand mudou-se para Nova Iorque, em 1951, e publicou a Revolta de Atlas seis anos mais tarde. 

Os seus romances consagraram o que se chama hoje Objetivismo, a filosofia que defende o capitalismo e a prevalência do indivíduo.

Imprensa:
«A Revolta de Atlas é a celebração da vida e da felicidade.»
Alan Greenspan

«Uma autora poderosa, que escreve de forma brilhante, bela e amarga.»
The New York Times
Ler mais »

Novidades

Editorial Planeta | "Entre as Mentiras" de Michelle Adams

março 13, 2019

16,16 € | 280 pág


Sobre livro:
Chloe Daniels tem um grave acidente e desperta do coma no hospital.
Um dos problemas com que se depara é não se lembra de quem é e porque está no hospital, além disso não sabe quem são os estranhos que insistem que são a família.
Sendo o pai psiquiatra, propõe-se a ajudar Chloe a recuperar as memórias, mas ela sente instintivamente que os pormenores que os pais e a irmã lhe contam não são a verdade.
Chloe sente que ocultam segredos obscuros e, determinada em descobrir tudo, vai fazendo a sua investigação, só não sabe que quando a verdade for revelada terá consequências devastadoras.

A verdade está escondida entre as mentiras.
O que faria se acordasse e não soubesse quem era?
E se o seu passado permanecesse um mistério?

«Olhos abertos, arregalados. Não é um despertar contínuo, não há qualquer pausa suave entre o sonho e a realidade. É rápido, como o arrancar de um penso, o golpe afiado de uma faca. Estou sem fôlego e suada. Memórias do sonho dissipam-se à medida que olho em redor, fazendo um esforço consciente por me lembrar de onde estou. Que estou segura. Que estou viva.
Viro-me, arranco a cara à almofada e sento-me na cama; o único som é o de uma chuva delicada a embater na janela. Esfrego os olhos e oiço uma porta a abrir-se e fechar-se. Passos nas escadas, o zunzum de vozes na cozinha.
Uma família.
Dizem-me que me chamo Chloe.»

Sobre autor:
Michelle Adams cresceu em Inglaterra e agora vive no Chipre, onde trabalha em part-time como cientista. Leu um dos romances de Stephen King quando era muito nova e ficou viciada em suspense desde então. Depois de publicar Se Conhecessem a Minha Irmã, publicou um novo livro, Entre as Mentiras.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Casa das Letras | "Magníficos Estranhos" de Elizabeth Klehfoth

março 13, 2019

17,91 € | 464 pág


Sobre livro:
Num magnífico dia de verão, Grace Fairchild, a belíssima mulher do magnata do Mercado imobiliário, Alistair Calloway, desaparece da casa de campo da família sem deixar rasto, deixando para trás a filha de sete anos, Charlie, e uma série de perguntas sem resposta. 

Anos mais tarde, Charlie continua a lutar com a obscura herança do nome da sua família e o mistério em torno do desaparecimento da mãe. Decidida a, finalmente, pôr o passado por trás das costas, Charlie mergulha na vida escolar de Knollwood, a prestigiada escola de Nova Inglaterra que frequenta, e rapidamente se integra entre a elite da escola. 

Charlie foi igualmente escolhida pelo A, a sociedade secreta de elite da escola, conhecida por aterrorizar a faculdade, a administração e os seus inimigos. Pars se tornar membro da mesma, Charlie terá de participar no Jogo, uma caça ao tesouro de alto risco, durante um semestre inteiro, que comprometerá as suas amizades, a sua reputação e até o seu lugar em Knollwood.

À medida que os acontecimentos do passado e do presente convergem, Charlie começa a temer que poderá não sobreviver à terrível verdade sobre a sua família e colocar a sua vida em risco.

Sobre autor:
Elizabeth Klehfoth cresceu em Elkhart, no Indiana. Fez um bacharelato em Artes, especializando-se em escrita criativa, pela Chapman University, e uma licenciatura em escrita criativa pela Indiana University, onde leciona escrita para ficção e composição. Atualmente vive em Los Angeles. Magníficos Estranhos é o seu primeiro romance.

Imprensa:

«Um envolvente mistério... A história de uma longa vingança jogada entre gerações.»
Kirkus Review
Ler mais »

Novidades

Bertrand Editora | "O Olho do Mundo - Livro 1 de A Roda do Tempo" de Robert Jordan

março 12, 2019

19,98 € | 816 pág


Sobre livro:
O mundo da Roda do Tempo é uma das melhores séries de fantasia épica alguma vez escrita.

A Roda do Tempo gira e as Eras sucedem-se, transformando memórias em lendas. As lendas esbatem-se e fazem-se mitos e até estes estão há muito esquecidos quando a Era que os gerou regressa, trazida pelo movimento incessante da Roda. 

Na Terceira Era, a Idade da Profecia, o Mundo e o Tempo encontram-se suspensos, em frágil equilíbrio. Uma única verdade resiste e aquilo que os mortais esquecem mantém-se vivo na memória das Aes Sedai. Quando as Trevas se reerguerem caberá a um homem apenas, o Dragão, combatê-las. Mas aquilo que foi, o que será e o que agora é ainda podem cair sob o poder da sombra…

Sobre autor:
Robert Jordan nasceu em 1948 em Charleston, Carolina do Sul. Com quatro anos aprendeu a ler, com a ajuda episódica de um irmão mais velho, e aos cinco anos entrou nas aventuras de Mark Twain e de Júlio Verne. Com vinte anos foi integrado no exército dos Estados Unidos onde realizou duas comissões no Vietname (de 1968 a 1970). Depois do seu regresso, licenciou-se em física e, em 1977, iniciou um percurso como escritor e o seu nome destacou-se sobretudo como autor da série de fantasia épica e bestseller mundial A Roda do Tempo, uma das séries mais importantes e mais vendidas na história da fantasia, com mais de 14 milhões de exemplares vendidos na América do Norte. Robert Jordan morreu a 16 de setembro de 2007, após uma corajosa batalha contra uma doença rara.

Imprensa:
«Épico, em todos os sentidos.»
Sunday Times

«Com a Roda do Tempo, Jordan passou a dominar o mundo que Tolkien começou por revelar.»
New York Times
Ler mais »

Novidades

Editorial Planeta | "A Queda de Gondolin" de J. R. R. Tolkien, Alan Lee

março 12, 2019

19,76 € | 304 pág


Sobre livro:
Um dos Contos Perdidos do lendário de J.R.R.Tolkien narra a jornada de Tuor rumo à bela cidade de Gondolin, refúgio élfico do povo do rei Turgon. Movido pela inveja, Morgoth ataca a deslumbrante cidade com o exército de seres maléficos.

No Conto de A Queda de Gondolin , entram em cena dois grandes poderes do mundo. Morgoth, o derradeiro representante do mal, embora ausente desta história, preside a uma vasta força militar a partir da sua fortaleza de Angband. Ulmo, o seu mais feroz opositor, é o mais poderoso a seguir a Manwë, que lidera os Valar. Deram-lhe o nome de Senhor das Águas porque domina todos os mares, lagos e rios existentes sob a abóbada celeste. Mas labuta em segredo na Terra Média, em defesa dos Noldor, o clã dos Elfos no qual são acolhidos Húrin e Túrin Turambar.

Central nesta disputa entre os deuses é Gondolin, uma cidade deslumbrante e inacessível. Depois de um relato da queda de Gondolin que se destaca pela minúcia descritiva e riqueza de pormenor, o conto termina com a fuga de Tuor e Idril, acompanhados do filho, Eärendel. Ao dirigirem-se para sul, os fugitivos olham para trás, numa fenda entre montanhas, e contemplam a ruína cercada de chamas da cidade onde viviam. Estavam a caminho de uma outra história, o Conto de Eärendel, que Tolkien nunca chegou a escrever, mas que é reproduzido neste livro, em esboço, com base noutras fontes.

Sobre autor:
John Ronald Reuel Tolkien nasceu na África do Sul, de pais ingleses, em 1892. Tinha 4 anos quando o pai morreu e foi já em Inglaterra que fez os seus estudos, concluídos em 1915 na Universidade de Oxford. Alistado no Exército Inglês, combateu na Primeira Grande Guerra e foi vítima da "febre-das-trincheiras", que o levou a estar hospitalizado durante um ano. A seguir à guerra trabalhou na equipa que organizou o "Dicionário Inglês de Oxford" e começou a lecionar, primeiro na Universidade de Leeds, depois na de Oxford. Tolkien era um especialista do Old English (que vai do séc. VIII a.C. ao séc. XII d.C.) e do Middle English (que vai do séc. XII ao XVI). 
"O Hobbit", seu primeiro livro (já publicara textos académicos, nomeadamente, em colaboração com E. V. Gordon, "Sir Gawain and the Green Knight) escreveu-o em 1937, e a trilogia de "O Senhor dos Anéis" foi publicada nos anos de 1954 e 55. J.R.R. Tolkien viria a morrer em 1973, com 81 anos.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Edições ASA | "Champion Trilogia Legend - Volume III" de Marie Lu

março 12, 2019

17,01 € | 344 pág


Sobre livro:
June e Day fizeram já grandes sacrifícios pelo povo da República - e um pelo outro - e o país encontra-se prestes a viver um novo momento. June voltou a cair nas boas graças da República, trabalhando numa posição privilegiada nos círculos de elite do governo, enquanto Day trocou o epíteto de criminoso pelo de herói, ocupando agora um alto cargo nas forças militares.

Mas nenhum deles poderia ter previsto as circunstâncias que os voltariam a reunir. Precisamente no momento em que há um tratado de paz em vista, surge um vírus mortal para causar o pânico nas Colónias, e a ameaça de guerra paira sobre as cidades fronteiriças da República. Esta nova epidemia é mais letal do que nunca, e está nas mãos de June, apenas, a defesa do seu país. Mas, para salvar a vida a milhares de pessoas, terá de pedir àquele que ama que abdique de tudo…

Champion é o formidável desfecho da trilogia Legend, de Marie Lu. Repleto de ação e suspense, é a conclusão perfeita para uma série assombrosa…

Sobre autor:
Marie Lu é a diretora artística da Online Alchemy, uma empresa de videojogos, e também detém a marca infantil Fuzz Academy. Certa tarde, a assistir a Os Miseráveis, perguntou-se como seria a relação entre um delinquente famoso e um detetive prodigioso numa história mais moderna e sentiu-se inspirada a escrever Legend. Licenciada pela University of Southern California em 2006, vive em Los Angeles, onde passa muito tempo em filas de trânsito.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Companhia das Letras | "A Mulher que Correu Atrás do Vento" de João Tordo

março 12, 2019

16,92 € | 504 pág


Sobre livro:
1892, Baviera. Lisbeth Lorentz, uma professora de piano, apaixona-se por um aluno de 13 anos que sofre de autismo. Ao descobrir que ele é um prodígio, instiga-o a compor um concerto durante as aulas e, um dia, sem explicação, fá-lo desaparecer.

1991, Lisboa. Beatriz, uma estudante universitária —que sonha com o toque das mãos da mãe falecida —envolve-se com o autor d’A História do Silêncio, um romance sobre Lisbeth Lorentz. Ao mesmo tempo, enquanto voluntária num abrigo para mendigos, Beatriz conhece Lia, uma jovem adolescente com um passado incógnito e um presente destruído.

1973, Londres. Graça Boyard, portuguesa, dá à luz a primeira e única filha. Fugida de Lisboa durante as cheias de 1967, para escapar à tirania do pai e à mordaça da ditadura, regressa à capital após a Revolução, tornando-se uma actriz de renome —e abandonando a filha ainda criança.

2015, Lisboa. No consultório de uma terapeuta, Lia Boyard desfia a sua história, dos anos de mendicidade ao momento em que decide procurar a mãe. É aqui que começam a unir-se as pontas de um romance a várias vozes: a história de quatro mulheres - Lisbeth, Graça, Beatriz e Lia - que atravessam um século de História e diferentes geografias, unidas por uma força que transcende a própria vida.

Um livro sobre o poder do amor e o vazio da perda, sobre a amizade que nasce das circunstâncias mais improváveis e o terrível poder da confissão. E, quase no final, uma revelação chocante, a reviravolta que faz deste romance de João Tordo uma narrativa magnética.

Sobre autor:
João Tordo nasceu em Lisboa em 1975. 
Venceu o Prémio Literário José Saramago 2009 com As Três Vidas, tendo sido finalista, com o mesmo livro, do Prémio Portugal Telecom, em 2011. Publicou doze romances, entre eles O Livro dos Homens sem Luz (2004), Hotel Memória (2007), Anatomia dos Mártires (2011), O Ano Sabático (2013), Biografia Involuntária dos Amantes (2014), O Luto de Elias Gro (2015), O Paraíso Segundo Lars D. (2015), O Deslumbre de Cecilia Fluss (2017) e Ensina-me a Voar Sobre os Telhados (2018). Foi finalista do Prémio Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores (2011 e 2015), do Prémio Literário Fernando Namora (2011, 2012, 2015, 2016), e do Prémio Literário Europeu em 2012. Os seus livros estão publicados em vários países, incluindo França, Itália, Alemanha, Hungria, Espanha, México, Argentina, Brasil, Uruguai, entre outros.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Caminho | "Uma Aventura no Fundo do Mar" de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

março 12, 2019

6,75 € | 224 pág


Sobre livro:
Os nossos heróis aproveitam umas férias no Algarve para tomarem grandes banhos de mar e visitar o Zoomarine. No espetáculo na Baía dos Piratas dá-se um acontecimento estranho: o Artur, o principal ator, é agredido por outro ator que há pouco tinha sido contratado, e aquela agressão impossibilita o Artur de desempenhar o seu outro trabalho, o de mergulhador ao serviço de uma empresa que faz variados trabalhos no mar. Ao largo encontra-se afundado um navio com uma enorme quantidade de plásticos que é necessário retirar, trabalho para o qual é contratada a empresa de mergulhadores.

Um bando, que se dedica ao tráfico de droga, tinha dissimulado a droga dentro de cocos e foram transportados por aquele barco que se tinha afundado. É aqui que a história se cruza, pois o bando de traficantes faz-se também substituir pela empresa que deveria limpar os plásticos do barco afundado no intuito de recuperar a droga.

Uma série de peripécias onde se incluem um navio da Marinha portuguesa e um navegador de origem francesa que habita o Algarve e a descoberta da tenebrosa Zilda, a cabecilha daquele grupo de malfeitores. Depois de resolvida toda a situação com a extraordinária colaboração dos nossos heróis, eles serão premiados com uma sessão de natação com os golfinhos no Zoomarine e um passeio no barco do francês na costa algarvia.

Sobre autor:
Ana Maria Magalhães nasceu em Lisboa no dia 14 de Abril de 1946. Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa. É professora de Português e História no Ensino Preparatório desde 1969. Técnica de Gabinete do FAOJ durante dois anos. Professora destacada no Serviço de Ensino Básico e Secundário de Português no estrangeiro durante dois anos. Formadora de professores de História. Professora destacada no Instituto de Educação Educacional para realizar um estudo sobre os hábitos de leitura das crianças e jovens portugueses. É coautora de várias coleções e livros didáticos.

Isabel Alçada nasceu em Lisboa no dia 29 de Maio de 1950. Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras de Lisboa. Fez o Mestrado em Ciências da Educação pela Universidade de Boston. Professora destacada no Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério da Educação. Orientadora de História durante três anos. Técnica do Ministério da Educação para a Reforma do Ensino Secundário. Professora convidada pelo Instituto de Inovação Educacional para realizar um estudo sobre os hábitos de leitura para crianças e jovens portugueses. Foi professora do Ensino Preparatório e, actualmente, é docente na Escola Superior de Educação de Lisboa. É co-autora de várias colecções e livros didácticos.

Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Lua de Papel | "Não Te F*das - Sai da tua cabeça e faz-te à vida" de Gary John Bishop

março 12, 2019

13,50 € | 208 pág


Sobre livro:
O que te impede de dar o teu melhor? 
A maior parte das pessoas arranja desculpas como as relações com os outros, a falta de dinheiro, a m*rda de emprego que têm ou uma série desgraçada de circunstâncias aleatórias. 

Nenhuma dessas justificações interessa. Para nada. Ao longo de décadas a trabalhar como coach de desenvolvimento pessoal, Gary John Bishop descobriu que só existe um entrave: tu próprio (e os 50 mil pensamentos que tens por dia, muitos dos quais auto- -críticos e destrutivos).

Portanto, se és do tipo que se ofende facilmente, é melhor não continuares a ler: este livro não é para ti. Mas, se quiseres descobrir em ti próprio um inesgotável potencial, estás mesmo com muita sorte. Não Te F*das é o manual de instruções para os que se resignaram à sua vidinha, ou para aqueles que querem (muito) mais do que têm. 

Por outras palavras, é um verdadeiro manifesto para uma mudança real e significativa - e que te permitirá libertar toda a tua grandiosidade. 

Traduzido já em 24 países, do Brasil ao Vietname passando pela Mongólia, Não Te F*das foi o n.° 1 de vendas do New York Times e está nos tops de vendas da Amazon, The Globe and Mail e Publishers Weekly.

Sobre autor:
Gary John Bishop nasceu em Glasgow (Escócia) onde não teve uma infância fácil. Talvez seja essa uma das razões pelas quais se tornou um coach cuja abordagem dispensa floreados: é absolutamente incisiva. Educado nas melhores escolas, especializou-se em ver nas pessoas o que realmente as consome por dentro – e a ensiná-las a atacar o mal pela raiz, com resultados altamente eficazes.
Não Te F*das, o seu primeiro livro é já um fenómeno de vendas em todo o mundo.
Visite o site: garyjohnbishop.com

Imprensa:
-
Ler mais »

Follow on Facebook